1 evento ao vivo

Rival do Galo na Libertadores, Nacional-URU demite técnico

Eduardo Domínguez ficou no clube de Montevidéu por pouco mais de dois meses, num total de oito jogos oficiais

17 mar 2019
15h37
atualizado às 15h48
  • separator
  • 0
  • comentários

A campanha com 100% de aproveitamento na Copa Libertadores até o momento, no grupo do Atlético-MG, não foi suficiente pata manter o emprego de Eduardo Domínguez no Nacional, do Uruguai. Neste domingo, o clube anunciou a demissão do treinador de 40 anos após pouco mais de dois meses de trabalho.

"Após uma reunião nesta manhã, o presidente José Decurnex comunicou a Eduardo Domínguez sua dispensa do cargo de técnico da equipe. O Nacional agradece a Domínguez e aos profissionais que o acompanham pelo profissionalismo, dedicação e qualidade humana", anunciou o clube, que demitiu também os auxiliares do técnico.

Após oito jogos, Eduardo Domínguez é demitido do comando do Nacional-URU.
Após oito jogos, Eduardo Domínguez é demitido do comando do Nacional-URU.
Foto: Reprodução/Nacional Twitter / Estadão Conteúdo

Anunciado no fim do ano passado, Domínguez comandou o Nacional em apenas oito partidas oficiais nesta curta passagem. Curiosamente, as únicas duas que venceu foram pela Libertadores. No Campeonato Uruguaio, o time soma apenas três pontos em cinco partidas e é o 12.º colocado, entre 16 competidores. No sábado, caiu por 2 a 0 para o Danubio.

Na Libertadores, porém, o Nacional vive ótimo início. Afinal, venceu as duas partidas que fez e ocupa a segunda colocação do Grupo E, com os mesmo seis pontos do líder Cerro Porteño mas desvantagem no número de gols marcados. No torneio, aliás, a equipe vem de triunfo sobre o Atlético-MG, por 1 a 0, em Montevidéu, na última terça.

 

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade