4 eventos ao vivo

Árbitro é trancado por 4h em estádio por não apitar pênalti

Caso aconteceu na Turquia e árbitro foi liberado depois de intervenção do presidente do país

29 out 2015
15h35
atualizado às 16h58
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O presidente do Trabzonspor, clube da primeira divisão turca, manteve um árbitro trancado no estádio Hüssein Avni Aker após uma partida porque ele não apitou um pênalti a favor de sua equipe.

O juiz só foi liberado após uma intervenção do presidente do país, informa nesta quinta-feira o jornal Hürriyet.

O árbitro, Çagatay Sahan, e seus ajudantes ficaram trancados por quatro horas no estádio de Trabzon, após apitar a partida entre Trabzonspor e Gaziantepspor, que terminou com empate por 2 a 2.

O juiz não apitou um pênalti a favor do Trabzonspor na prorrogação, o que causou a indignação dos jogadores e da torcida local.

Torcida do Trabzonspor se revoltou com pênalti não marcado
Torcida do Trabzonspor se revoltou com pênalti não marcado
Foto: Twitter / Reprodução

Informado sobre o assunto, o presidente do clube, Ibrahim Haciosmanoglu, ligou desde Istambul para o estádio e exigiu que não deixassem o árbitro sair até que ele chegasse ao local, prometendo que ia tomar um avião privado.

Os responsáveis do estádio então tracaram a equipe de árbitros em uma sala, impedindo os mesmos de deixar o recinto.

Depois, Haciosmanoglu chamou a emissora de televisão "A Spor" para se queixar ao vivo da atuação do árbitro, com expressões como: "Se for preciso morrer, morreremos como homens, mas nunca viveremos como mulheres", reafirmando que o árbitro não deveria abandonar o local até que ele chegasse.

Çağatay Şahan foi liberado do estádio somente quatro horas após fim da partida
Çağatay Şahan foi liberado do estádio somente quatro horas após fim da partida
Foto: Twitter / Reprodução

Quatro horas mais tarde, uma ligação telefônica do presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, conseguiu acalmar o empresário, que finalmente deu ordem de permitir a saída dos árbitros.

O Trabzonspor ocupa atualmente a nona posição no Campeonato Turco, mas historicamente é a quarta equipe mais bem-sucedida da competição.

O ex-árbitro Ahmet Çakar, um dos mais prestigiados da Turquia, opinou ao jornal Hürriyet que Haciosmanoglu tinha feito "as declarações mais irresponsáveis e mais perigosas da história do futebol".

 

Veja também:

Newell’s Old Boys sonha com retorno de Messi
EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade