PUBLICIDADE

Neymar perde pênalti, mas dá assistência e coloca o Al Hilal na liderança do Campeonato Saudita

29 set 2023 - 17h21
(atualizado às 18h31)
Compartilhar
Exibir comentários

Nesta sexta-feira, o Al Hilal venceu o Al Shabab por 2 a 0, no Estádio Príncipe Faisal bin Fahd, pela oitava rodada do Campeonato Saudita. O time dos brasileiros Malcom e Neymar dominou a posse de bola e criou muito ofensivamente, mas pecou nas finalizações e saiu com vitória magra para assumir a liderança.

Com o resultado, o Al Hilal chega a 20 pontos, assume a ponta da tabela com um ponto a mais que o vice-líder Al Ittihad, e segue como o único time invicto no campeonato. O Al Shabab é o 11º colocado, com oito pontos.

O Al Hilal volta a campo na próxima terça-feira, às 13h (de Brasília), quando enfrenta o Nassaji Mazandaran, no Estádi Azadi, pela segunda rodada da Liga dos Campeões da Ásia. A equipe de Neymar busca a primeira vitória na competição para assumir a liderança do Grupo D.

O jogo

O Al Hilal tomou a iniciativa desde o início do jogo e manteve a bola no campo de ataque, com Neymar e Malcom criando as melhores oportunidades. Apesar do domínio, os donos da casa tiveram muita dificuldade no último terço do campo para furar a defesa adversária.

Aos 20 minutos, o árbitro marcou pênalti para o Al Hilal, após agarrão em Mitrovic, mas o VAR anulou a marcação. O time mandante seguiu pressionando e teve outro pênalti assinalado após Milinkovic-Savic ser derrubado na área, aos 35. Na cobrança, Neymar bateu alto no canto direito do goleiro, que acertou o lado e esticou o braço para fazer a defesa.

Nos minutos iniciais do segundo tempo, mais uma vez domínio do Al Hilal, chegando muito na área adversária, mas falhando nas finalizações. O jogo seguia assim até os 22 minutos, quando Neymar cobrou escanteio na medida para Koulibaly subir sozinho e cabecear para o fundo da rede.

Os donos da casa ampliaram aos 30 minutos. Em contra-ataque, Neymar recebeu na entrada da área, driblou dois defensores e cruzou para Mitrovic, que finalizou em cima do goleiro, mas não desperdiçou a segunda chance e balançou a rede. Ao final, o Al Hilal poderia ter vencido com placar mais elástico, com suas 23 finalizações, mas garantiu boa vitória para assumir a liderança da competição.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade