PUBLICIDADE

Por que chove tanto em algumas regiões do Brasil durante o verão

Estação mais quente do ano também traz chuvas e tempestades; veja explicação de especialistas

1 fev 2023 - 08h10
(atualizado às 08h10)
Compartilhar
Exibir comentários
Encontro de ventos pode aumentar chuvas no verão
Encontro de ventos pode aumentar chuvas no verão
Foto: Unsplash

Quando pensamos no verão, podemos imediatamente imaginar lindas praias, calor e dias de muito sol. Mas sabemos que, na vida real, alguns dias dessa estação são marcados por chuvas intensas e a formação de verdadeiras tempestades que não nos deixam sair de casa. Por que isso acontece?

Segundo especialistas, existem algumas respostas para essa pergunta, mas a principal delas é a Zona de Convergência do Atlântico Sul — conceito metereológico que se refere a um "encontro de ventos", que vêm de direção opostas, o que acaba causando os dias de chuvas. 

Graças a diferenças de pressão, ventos de escala quilométrica vindos de direções opostas se encontram em uma faixa que cruza o Brasil desde o sul da Amazônia até o litoral do Sudeste. Nesta faixa, a formação de nuvens fica maior, o que leva a chuvas que perduram por alguns dias. 

"É uma característica climatológica que impera na América do Sul", diz Ricardo de Camargo, professor do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da USP.

Micael Cecchini, outro professor da instituição, afirma que algumas outras chuvas também podem ocorrer por motivos menos estruturais. As chamadas "tempestades de verão", que chegam e vão embora rapidamente, normalmente são atribuídas a nuvens isoladas. 

"São nuvens que se formam devido ao calor. Como estamos mais próximos do Sol, o acúmulo de calor faz o ar no local subir, o que é o ingrediente básico para termos nuvens — e consequentemente, chuva", diz. 

Fonte: Redação Byte
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade