PUBLICIDADE

Solstício de verão: entenda por que hoje foi o dia mais longo do ano

Esta quarta-feira marca o início de uma nova estação e o dia mais longo do ano. Entenda o que é o Solstício de Verão e por que ele acontece

21 dez 2022 - 21h16
(atualizado em 22/12/2022 às 10h26)
Compartilhar
Exibir comentários

A tarde desta quarta-feira (21) marcou a última mudança de estação de 2022. A data, conhecida como solstício de verão, marca também o dia mais longo e a noite mais curta do ano. Isso vale, porém, apenas para o hemisfério sul. Quem está na metade norte do planeta passa pelo fenômeno oposto, que marca o início do inverno.

Estes fenômenos não acontecem no mesmo dia todos os anos. O horário também varia ligeiramente a cada volta que a Terra dá em torno do Sol. Esse ano, o horário previsto é 18h47.

O que é um solstício e por que ele acontece?

Os solstícios de verão e inverno são datas que marcam viradas de estação e que ocorrem graças a dois movimentos da Terra. O primeiro é a inclinação de seu eixo de rotação e o outro é a translação do planeta ao redor do Sol.

Foto: Jakob Owens/Unsplash / Canaltech

A Terra gira ao redor de si própria com um ângulo de inclinação de aproximadamente 23,5º. Juntando isso com o movimento que o planeta faz em torno do sol, os hemisférios norte e sul não recebem a mesma quantidade de luz ao longo de todo o ano.

No verão de um hemisfério, a inclinação da Terra o deixa mais próximo ao Sol e ele vai, consequentemente, ter dias mais longos e mais quentes. Na data do solstício, em especial, os raios solares incidem de forma perpendicular aos trópicos — fazendo um ângulo de 90º. No caso do hemisfério sul, isso ocorre no Trópico de Capricórnio e para o norte no Trópico de Câncer.

Dias e noites de mesma duração

O mesmo raciocínio implica que, enquanto hoje é o dia mais longo do ano por aqui, o hemisfério norte está tendo seu dia mais curto. Mas e dias e noites de mesma duração, são possíveis?

A resposta é sim: o dia e a noite possuem a mesma duração nos equinócios de outono e de primavera. Nessas datas, a incidência dos raios solares é perpendicular à Linha do Equador, que divide os hemisférios norte e sul. Justamente por isso, a quantidade de raios que ambos recebem neste dia é a mesma.

Fonte: Tilt UOL

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade