PUBLICIDADE

Como escolher sua TV nova na Black Friday?

O Byte montou um guia definitivo para entender todos os detalhes na hora de comprar um novo aparelho na Black Friday

24 nov 2023 - 05h00
Compartilhar
Exibir comentários
O Byte montou um guia definitivo para entender todos os detalhes na hora de comprar um novo aparelho na Black Friday
O Byte montou um guia definitivo para entender todos os detalhes na hora de comprar um novo aparelho na Black Friday
Foto: freepik

Escolher uma TV durante a Black Friday pode ser uma ótima maneira de conseguir um bom desconto, mas é importante fazer uma escolha informada para garantir que o produto alcance todas as expectativas.

Assim, antes de começar a procurar ofertas, é preciso inicialmente definir um orçamento. Algumas ofertas da Black Friday compensam mais quando são pagas em Pix, enquanto outras podem valer mais a pena em parcelamento. Com isso em mente, pensar no valor limite fica mais fácil. 

Tamanho da tela

Talvez a primeira coisa a ser considerada quando o consumidor procura uma TV nova é o seu tamanho de tela. Atualmente há várias opções no mercado, mas é importante pensar no cômodo da casa que ela vai ficar antes de correr atrás do maior modelo possível. 

As telas grandes em ambientes muito pequenos ou telas menores em cômodos grandes podem trazer um nível de aflição para quem quer ver séries, filmes ou até jogar alguma coisa, já que pode afetar a forma que o consumidor sente a resolução da imagem. 

A recomendação para TVs com resolução 4K, por exemplo, a distância necessária é de 1,5 vezes o tamanho da tela vertical.

Vai comprar uma TV na Black Friday? Tome cuidado com o tamanho Vai comprar uma TV na Black Friday? Tome cuidado com o tamanho

Ao ver TV 4K nessa distância, o olho nu não consegue diferenciar pixels individuais. Ou seja, eles desaparecem quando aparecem vídeos em 4K, o que dá a sensação de estar assistindo uma imagem com o mesmo detalhe e resolução da vida real. 

Para TVs de alta definição, a proporção é de três vezes o tamanho do visor. Já para um modelo de definição padrão, é de seis vezes.

Veja as melhores TVs para jogar sem videogame Veja as melhores TVs para jogar sem videogame

Além disso, lembre-se de considerar a altura de instalação da TV, preferencialmente ao nível médio dos olhos quando sentado ou deitado. Se instalada acima desse ponto, é recomendável incliná-la para baixo para evitar problemas na postura da coluna e do pescoço do usuário.

Displays e resolução

As smart TVs no mercado estão cada vez mais avançadas quando se trata da resolução da imagem e dos tipos de displays disponíveis. Hoje em dia compensa procurar uma opção que esteja entre o Full HD até 8K, e para os displays, LED, OLED e QLED. 

A escolha do tipo de tela é uma decisão crucial ao selecionar uma TV, pois impacta diretamente na qualidade da imagem e no consumo de energia. As tecnologias mais comuns são LED, QLED, Mini LED e OLED.

A maioria das TVs utiliza a tecnologia LED, onde telas de LCD são iluminadas por trás por centenas de emissores de luz, geralmente com resolução Full HD (1.920x1.080 pixels) ou 4K (ou UHD, com 3.840x2.160 pixels) em modelos maiores.

Modelos mais caros e premium, como os Mini LED, QLED e OLED, oferecem benefícios adicionais. 

Uma TV mini LED proporciona uma resolução mais sofisticada através da retroiluminação. Isso significa que o modelo tem milhares de minilâmpadas de LED, o que dá mais controle de cores, brilho e contraste.

As TVs OLED, por exemplo, oferecem pretos mais profundos e cores mais vibrantes, enquanto as QLEDs oferecem brilho intenso, com a maioria das smart TVs sendo 4K ou 8K. 

Taxa de atualização

A taxa de atualização indica com que frequência uma TV atualiza as imagens exibidas por segundo.

Taxas de 60 Hz são comuns, mas algumas TVs oferecem 120 Hz ou mais, principalmente as que possuem qualidade de imagem mais alta, o que pode ser benéfico para jogos e esportes. 

Demais recursos 

A maior parte das TVs no mercado atualmente são smart, ou seja, vêm com recursos inteligentes, como aplicativos integrados (incluindo os de streaming), inteligência artificial, central para jogos e assistentes de voz.

Outro ponto importante é saber qual é o sistema operacional do modelo desejado, para ver as especificidades de cada um.

Ainda, é interessante ver as opções de conectividade da TV, como portas HDMI, USB e outras, para saber se há portas suficientes para todos os dispositivos que serão conectados, como consoles de jogos.

Fonte: Redação Byte
Compartilhar
Publicidade
Publicidade