1 evento ao vivo

Visco, do BCE, diz que banco precisará agir se economia da zona do euro não se recuperar

12 jul 2019
08h49
  • separator
  • 0
  • comentários

O Banco Central Europeu (BCE) precisará adotar novas medidas expansionistas se a economia da zona do euro não se recuperar e considerará suas opções "nas próximas semanas", disse o membro do conselho do banco central Ignazio Visco nesta sexta-feira.

Presidente do banco central italiano, Ignazio Visco 
09/06/2019
 Franck Robichon/REUTERS
Presidente do banco central italiano, Ignazio Visco 09/06/2019 Franck Robichon/REUTERS
Foto: Reuters

Em um discurso em Milão, o presidente do Banco da Itália disse que "nas próximas semanas o BCE continuará avaliando como ajustar os instrumentos à sua disposição" diante do fraco crescimento e das baixas expectativas de inflação.

Suas palavras podem alimentar expectativas de que o BCE afrouxará sua política monetária nas reuniões de 25 de julho ou em setembro.

Visco disse que a economia italiana crescerá apenas 0,1% este ano, marginalmente abaixo da previsão oficial de 0,2% do governo, e se expandirá em uma média de pouco menos de 1% em cada um dos dois anos seguintes.

A terceira maior economia da zona do euro mostrou um crescimento de 0,1% no primeiro trimestre, saindo de uma recessão superficial no segundo semestre do ano passado. O instituto nacional de estatísticas ISTAT alertou que o segundo trimestre pode mostrar outra contração do PIB.

Visco destacou a recente queda nos custos de empréstimos italianos e incentivou o governo a adotar metas "prudentes" de déficit orçamentário para os próximos anos para consolidar a tendência.

Sobre o setor bancário italiano, o presidente do banco central pediu fusões entre os bancos menores do país para torná-los mais competitivos e menos vulneráveis.

"Estamos cientes da complexidade da consolidação, mas o trabalho deve ser iniciado rapidamente para avançar nessa direção", disse ele.

A recapitalização preventiva do Estado para os bancos em dificuldades deveria ser facilitada quando as soluções de mercado não são viáveis, disse ele.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade