PUBLICIDADE

UnitedHealth supera previsão e lucro chega a US$ 4 bilhões no 4º trimestre de 2021

Dona da Amil sentiu pouco o impacto dos custos associados aos altos níveis de covid-19 impulsionados pela variante Ômicron

19 jan 2022 15h49
ver comentários
Publicidade

A companhia americana UnitedHealth superou a previsão do mercado e atingiu lucro de US$ 4,07 bilhões no quarto trimestre de 2021, um avanço ante os US$ 2,21 bilhões de igual período do ano anterior. O lucro por ação avançou a US$ 4,48, de US$ 2,52 anteriormente e acima da previsão de US$ 4,30 dos analistas consultados pelo FactSet. A UnitedHealth é a dona da Amil e tenta se desfazer da empresa brasileira, dez anos após da aquisição, em uma transação de R$ 10 bilhões.

A gigante do setor de saúde sediada em Minnetonka, Minnesota, sentiu pouco o impacto dos custos ligados aos fortes níveis de casos da covid-19 trazidos pela variante Ômicron no mês passado. A receita da empresa subiu a US$ 74,74 bilhões, ante US$ 65,47 bilhões em igual período de 2020.

A UnitedHealth reafirmou as metas financeiras divulgadas por ela em novembro para 2022, incluindo receita entre US$ 317 bilhões e US$ 320 bilhões e lucro ajustado de US$ 21,10 a US$ 21,60.

Venda da Amil

A UnitedHealth procura um comprador para a Amil. No Brasil, os grandes grupos de saúde já foram sondados, como Sul América e Bradesco Seguros. No entanto, a disputa estaria mais acirrada entre a gigante Rede D'Or, dona dos hospitais São Luís, e a família Bueno, dos fundadores da Amil e que também controla a Dasa.

Segundo dados disponíveis em seu site, a Amil tem uma rede de 5,7 milhões de beneficiários, 7,4 mil laboratórios e 19,7 mil médicos conveniados.

Estadão
Publicidade
Publicidade