PUBLICIDADE

Relógios, jatinho: os bens que a família de Schumacher vendeu para custear tratamento

Corinna, a esposa do heptacampeão de Fórmula 1, é quem administra a enorme fortuna da família

16 mai 2024 - 16h57
(atualizado às 20h23)
Compartilhar
Exibir comentários
Michael Schumacher em Monza 
 13/9/2008    REUTERS/Alessandro Bianchi
Michael Schumacher em Monza 13/9/2008 REUTERS/Alessandro Bianchi
Foto: Reuters

Oito relógios de luxo que pertenciam ao ex-piloto e heptacampeão de Fórmula 1 Michael Schumacher, 55 anos, foram vendidos nesta semana, em um leilão em Genebra, na Suíça, por US$ 4,25 milhões (cerca de R$ 21,8 milhões, na cotação atual). Segundo o jornal The Sun, é a esposa de Schumacher, Corinna, de 55 anos, quem está por trás da decisão de leiloar os relógios e outros bens já vendidos anteriormente, como casas e jatos particulares. Os valores arrecadados vão custear o tratamento do marido.

Desde que o ex-piloto sofreu uma grave lesão cerebral enquanto esquiava em 2013, a condição de Schumacher é um mistério. Corinna tem protegido a privacidade do marido, permitindo que poucos detalhes se tornem públicos, e administra a enorme fortuna da família, de US$ 970 milhões (em torno de R$ 4,9 bilhões). 

Schumacher e Corinna se casaram em 1995 e têm dois filhos: Mick e Gina-Maria. Embora o piloto tivesse um círculo de consultores financeiros e fiscais, ele sempre ouvia a esposa e eles tomavam decisões juntos. De acordo com o jornal, ela se reúne com alguns consultores cerca de três ou quatro vezes por ano para avaliar vendas de bens e investimentos.

Em 2015, Corinna vendeu a casa de férias da família na Noruega. A esposa de Schumacher também se desfez do jatinho particular do casal. As vendas renderam em torno de 25 milhões de libras (R$ 162,5 milhões, no câmbio atual).

Já em 2021, a esposa do ex-piloto vendeu uma mansão na cidade de Gland, na Suíça, por 58,7 milhões de euros (em torno de R$ 327 milhões).

Mansão na Espanha

Em 2018, no entanto, a família do piloto adquiriu uma mansão em Maiorca, na Espanha, por 27 milhões de libras (cerca de R$ 175 milhões, na cotação atual). Há poucas informações sobre o local, mas, segundo o jornal, há relatos de que a casa foi equipada com um mini-hospital para deixar o piloto confortável. Em 2022, ela também adquiriu um terreno na mesma cidade, por 2,4 milhões de libras (R$ 15 milhões), para expandir a mansão.

A revista alemã Bunte afirmou que Corinna tem "grandes planos" para a família na Espanha, incluindo sugestões de que eles montarão um rancho de cavalos.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade