PUBLICIDADE

Pandora traz joias com diamantes cultivados em laboratório para o Brasil

Novidade estava em apenas três países dos cem onde a joalheria dinamarquesa está presente

29 fev 2024 - 12h20
(atualizado às 15h33)
Compartilhar
Exibir comentários
Diamantes cultivados em laboratório da Pandora têm pegada de carbono menor em comparação com os diamantes extraídos
Diamantes cultivados em laboratório da Pandora têm pegada de carbono menor em comparação com os diamantes extraídos
Foto: Getty Images

Considerada a maior joalheria do mundo, a Pandora lança no Brasil nesta quinta-feira, 29, a primeira coleção de diamantes da história da marca cultivados em laboratório, em vez de minerados. A informação é da Forbes

Os diamantes cultivados em laboratório estão tomando cada vez mais espaço no universo da joalheria internacional como uma opção mais sustentável. Até aqui, a novidade estava em apenas três países dos cem onde a joalheria dinamarquesa está presente.

As peças originadas em laboratório da Pandora têm pegada de carbono menor em comparação com os diamantes extraídos, estabelecendo um novo padrão da indústria para a criação de joias com um impacto reduzido no planeta. 

Desde agosto de 2022, todas as peças das coleções Diamonds by Pandora, que foram lançadas primeiro nos Estados Unidos em 2022, são feitas com diamantes cultivados, lapidados e polidos com energia 100% renovável e incrustadas em joias feitas com prata ou ouro 100% reciclado.

“Queremos que mais pessoas experimentem o poder e a beleza dos diamantes cultivados em laboratório todos os dias, em formatos clássicos e inesperados”, comenta em entrevista à Forbes Francesco Terzo, diretor criativo da marca.

Influenciadores revelam primeiras 'publis' com valores irrisórios Influenciadores revelam primeiras 'publis' com valores irrisórios

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade