PUBLICIDADE

Pais e sócios: conheça 3 histórias de empreendedorismo em família

"A sociedade nos negócios aproximou a gente ainda mais", afirma Enio Bueno

8 ago 2021 08h04
ver comentários
Publicidade
Epaminondas e o filho Epaminondas Oliveira Santos Júnior
Epaminondas e o filho Epaminondas Oliveira Santos Júnior
Foto: Casa de Bolos_Divulgação / Finanças e Empreendedorismo

Em muitas famílias brasileiras, os pais, em conjunto ou separadamente das mães, são aquelas pessoas responsáveis por trazer carinho e alegria para a vida dos filhos. Além disso, eles também ensinam sobre respeito, responsabilidade e são conselheiros para os momentos de dúvida. 

Contudo, na vida do Jorge Henrique Bueno, do Epaminondas Oliveira Santos Júnior e da  Daniela Xavier e Sousa, os pais receberam uma característica extra: a de sócios. A ligação entre os filhos e os pais era tamanha que eles decidiram empreender juntos por meio de uma franquia. 

Abaixo você confere a história dessas três famílias que possuem em comum o empreendedorismo familiar e o modelo de negócio.

Enio Bueno e Jorge Henrique Bueno

Enio e o filho Jorge Henrique Bueno / Crédito: Home Angels_Divulgação
Enio e o filho Jorge Henrique Bueno / Crédito: Home Angels_Divulgação
Foto: Finanças e Empreendedorismo

Em fevereiro de 2020, a relação de Enio e Jorge Henrique Bueno ganhou um upgrade: de pai e filho, para pai e sócio. Depois de mais de três décadas trabalhando em um banco do setor privado e aposentado, Enio Bueno decidiu encarar o desafio de empreender ao lado do filho, Jorge Henrique Bueno, de 20 anos. 

"Acredito muito no potencial dos jovens e quando eu estava nessa situação,  não tive a oportunidade de empreender com alguém tão próximo. Nós dois sempre nos demos muito bem e a sociedade nos negócios aproximou a gente ainda mais", conta o pai. 

Hoje, os dois estão à frente de uma unidade da rede de cuidadores de pessoas Home Angels e apesar dos desafios, vêem o empreendedorismo familiar como algo muito positivo. "O desafio é estar aberto às ideias, ouvi-las com atenção e tomar as decisões em conjunto. As vantagens são muitas, destaco o entrosamento natural e a oportunidade de falar sobre o futuro dele de maneira tangível", conclui Bueno.

Epaminondas Oliveira Santos e Epaminondas Oliveira Santos Júnior

Mais do que o nome, Epaminondas Oliveira Santos Júnior herdou de seu pai a veia empreendedora e o empenho por trabalhar naquilo que gosta. Em 2012, passeando por Ribeirão Preto, ambos tiveram o mesmo pensamento: e se a gente abrisse uma loja de bolos caseiros como essa...

"Olhamos juntos o formato da loja e todos os produtos oferecidos e pensamos: será que não daria certo uma loja dessa em Matão? Foi então que, em 2012, abrimos nossa primeira unidade",

Naquele ano, eles abriram a primeira unidade, como sócios, de uma franquia de bolos caseiros chamada Casa de Bolos. Agora, em 2021, os dois já possuem quatro lojas em sociedade, sendo duas delas em Matão e duas em Araraquara. 

Segundo o filho, a principal vantagem de trabalhar com o pai é que ambos conhecem os pontos fortes e as fragilidades de cada um e sabem separar e dividir as tarefas, não deixando que assuntos familiares interfiram na relação do negócio.

Milton de Sousa e Daniela Xavier e Sousa

Milton de Sousa e a filha Daniela Xavier e Sousa / Crédito: Doctor Feet_Divulgação
Milton de Sousa e a filha Daniela Xavier e Sousa / Crédito: Doctor Feet_Divulgação
Foto: Finanças e Empreendedorismo

Milton de Sousa deixou o cargo de diretor de uma empresa estrangeira e encontrou na filha a dupla perfeita para dar start no empreendedorismo. "Fiz um pequeno curso, fui a uma feira de franquias e escolhi a rede de podologia Doctor Feet. Minha filha Daniela é advogada e estava chateada com a profissão, então veio trabalhar comigo e hoje é meu braço direito", conta. 

Para eles, separar questões familiares e profissionais requer atenção e treino. Para Daniela, as características mais marcantes do pai, como o jeito ponderado na hora de tomar decisões, é algo que ela admira bastante. "Nós dois temos um perfil bem racional, então temos facilidade em separar os assuntos. Ele é bem mais ponderado do que eu nas tomadas de decisões e eu o admiro muito", finaliza Daniela Xavier e Sousa.

Finanças e Empreendedorismo
Publicidade
Publicidade