1 evento ao vivo

Ouro fecha praticamente estável antes de encontro entre Trump e Kim, Fed e BCE

11 jun 2018
12h58
atualizado em 2/7/2018 às 14h54
  • separator
  • comentários

O preço do ouro fechou praticamente estável nesta segunda-feira, 11, com os investidores no aguardo pelas reuniões de política monetária do Federal Reserve (Fed, o BC dos EUA) e do Banco Central Europeu (BCE), ambos nesta semana, e a cúpula entre o presidente dos EUA, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un. Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro para entrega em julho fechou em queda de US$ 0,50 (0,03%), a US$ 1.298,90 a onça-troy. Às 22h de hoje (manhã de terça-feira na Ásia), o presidente americano se encontra com o líder norte-coreano em Cingapura. Entre os principais assuntos a serem discutidos está a desnuclearização do país asiático em troca de apoio econômico. Embora não seja esperado nada de imediato, o mercado aguarda com expectativa para avaliar o tom do encontro e os futuros passos das duas nações. Além disso, as reuniões de política monetária do Fed e do BCE têm deixado os investidores cautelosos. Nos EUA, as apostas de uma elevação de juros estão praticamente acertadas, mas o mercado aguarda pela sinalização da instituição em relação aos próximos aumentos. Na Europa, a expectativa com a reunião, que ocorre na quinta-feira, é em torno da sinalização do banco sobre o futuro das compras de títulos (QE, na sigla em inglês). Analistas apontam que um Fed mais hawkish poderia surpreender o mercado e levar a um aumento da busca por dólar e, consequentemente, a uma menor procura por metais preciosos.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade