PUBLICIDADE

Não caia nessa! Confira conselhos para evitar golpes de pirâmides financeiras

De acordo com o Ministério Público Federal, os golpes financeiros aumentaram em 40% no último ano

3 dez 2023 - 05h00
Compartilhar
Exibir comentários
Explicação sobre pirâmide financeira na série de humor 'The Office'
Explicação sobre pirâmide financeira na série de humor 'The Office'
Foto: Reprodução

A maioria das propostas que prometem ganhos elevados e rápidos geralmente está vinculada a esquemas fraudulentos. Muitas delas se baseiam em estruturas de pirâmide, onde os primeiros investidores são pagos com o dinheiro daqueles que entram posteriormente. Portanto, é crucial adquirir a habilidade de identificar empreendimentos legítimos antes de investir.

Na década de 1920, originou-se o termo "esquema Ponzi" após o golpe que enriqueceu Carlo Ponzi em questão de meses, resultando em sua condenação à prisão. Ele percebeu que ao diminuir o valor do investimento, aumentavam as chances de atrair mais participantes. Além disso, ao prometer benefícios aos novos investidores, conseguia persuadi-los a participar do esquema.

De acordo com o Ministério Público Federal, os golpes financeiros aumentaram em 40% no último ano, e frequentemente ouvimos relatos de novas vítimas que perderam toda a sua economia.

“Muita gente fica empolgada com a ideia de ganhar muito dinheiro na Bolsa de Valores ou em outros tipos de investimentos com retorno rápido, e acaba sendo enganada, caindo em golpes ou pirâmides financeiras. A realidade é que impossível você investir em algo que dê um retorno certo de 5% ao mês”, alerta Raul Sena, especialista em investimentos.

“Se aparecer uma oferta de investimento dizendo que você chegará ao primeiro milhão em um ano com uma aplicação que rende 5% ao mês, desconfie”, completa.

Dicas

Henrique Chagas, gerente sênior de Prevenção de Fraude da Bitso, dá dicas para que investidores saibam identificar uma fraude e não caiam nessa! 

  • Contato inesperado nas redes sociais:

É comum receber abordagens de antigos colegas de escola, amigos de infância ou desconhecidos nas redes sociais, oferecendo ganhos expressivos. Similar ao esquema Ponzi, eles frequentemente sugerem começar com uma pequena quantia para gerar confiança, incentivando aumentos subsequentes antes de desaparecer com o dinheiro.

  • Promessas de rendimentos fixos:

Investidores experientes sabem que os retornos financeiros não são fixos, e ganhos mais elevados geralmente estão associados a maior risco ou volatilidade. Promessas de lucros estáveis podem indicar possíveis fraudes.

  • Websites confusos e sem fundamento:

É crucial entender a origem dos ganhos prometidos e como o dinheiro investido está sendo utilizado. Informações confusas ou indisponíveis podem ser sinais de alerta.

  • Convite para recrutar outras pessoas:

Se um investimento exige que você convide outras pessoas para participar, é provável que esteja construindo uma pirâmide financeira, que é insustentável a longo prazo.

  • Solicitação de pagamentos adicionais para retirada de ativos:

Cautela é necessária ao lidar com solicitações de pagamentos adicionais para retirar rendimentos ou recuperar o investimento original, pois isso pode indicar práticas fraudulentas.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade