PUBLICIDADE

Monsanto diz que CEO Hugh Grant deixará cargo após acordo com Bayer

7 mai 2018 10h01
| atualizado às 14h25
ver comentários
Publicidade

A Monsanto disse nesta segunda-feira que o presidente-executivo da companhia, Hugh Grant, deixará o cargo após a empresa de sementes concluir um acordo para ser adquirida pela Bayer

REUTERS/Denis Balibouse
REUTERS/Denis Balibouse
Foto: Reuters

O conglomerado alemão Bayer está se preparando para fechar sua aquisição de 62,5 bilhões de dólares da Monsanto neste trimestre, em um acordo que dará à ela o controle de mais de 25 por cento do mercado mundial de sementes e agroquímicos.

Grant, um veterano da companhia, assumiu o cargo de CEO em 2003. Junto com ele, outros importantes executivos, incluindo o diretor financeiro, Pierre Courduroux, e o diretor de tecnologia, Robert Fraley, também sairão da empresa após o fechamento do negócio, segundo a Monsanto.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade