PUBLICIDADE

Mesmo com volta do presencial, trabalho remoto segue como tendência

À medida que mais empresas anunciam o retorno ao escritório, colaboradores resistem à mudança e consideram até pedir demissão

21 nov 2023 - 06h25
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Adobe Stock

Três anos após o início da pandemia, que forçou trabalhadores de todos os setores a adotarem o trabalho remoto em tempo integral, o cenário está passando por uma transformação significativa. 

Segundo dados da consultoria PwC, apenas 9% dos profissionais no país atualmente continuam a trabalhar integralmente de forma remota. A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) demonstra que 9,5 milhões de pessoas estavam engajadas no trabalho remoto em 2022.

À medida que cada vez mais empresas estão retornando ao modelo presencial, profissionais das mais diversas áreas e níveis hierárquicos, estão optando por pedir demissão em vez de trabalhar alguns ou até todos os dias no escritório. Blackrock, Snap e Walt Disney são algumas das companhias que voltaram a exigir que os trabalhadores compareçam ao escritório, por exemplo.

Toda essa mudança tem feito com que os trabalhadores busquem por oportunidades ‘anywhere office’, ou “escritório em qualquer lugar”, em tradução livre. O conceito amplia a ideia de home office, já que permite ao indivíduo trabalhar de qualquer lugar do mundo, desde que tenha acesso à internet e às ferramentas da empresa.

De acordo com a pesquisa “Panorama do Bem-Estar Corporativo 2024”, realizada pelo Gympass, os colaboradores que trabalham de onde preferem são os que relatam níveis mais altos de bem-estar de maneira geral. 87% dos trabalhadores dizem que sairiam de uma empresa que não prioriza o bem-estar.

Retorno ao trabalho presencial

Apesar da tendência de retorno ao trabalho presencial e do crescente número de empresas seguindo esse caminho, muitas delas ainda estão mantendo o modelo "Escritórios em Qualquer Lugar". É o caso da HubMe, uma plataforma de Marketing Ágil que conecta empresas de diversos setores e tamanhos a profissionais de elite nas áreas de marketing e comunicação. Com apenas 10 colaboradores, a startup optou por manter sua equipe 100% remota. 

O fundador Fábio S. Rodrigues compartilhou sua visão: "Muitas áreas possibilitam o trabalho remoto, e eu o apoio totalmente. O trabalho remoto e o modelo híbrido contribuem para a felicidade e a produtividade dos funcionários. Para mim, é o modelo do futuro".

Profissões que mais possibilitam o trabalho remoto

Atualmente, existem muitas profissões que possibilitam o trabalho Anywhere office. De acordo com os dados da plataforma Cortex, a maioria das vagas remotas vêm do setor de tecnologia e serviços. Ainda de acordo com a pesquisa da Pnad, cerca de 1,5 milhão de pessoas trabalhavam por meio de plataformas digitais e aplicativos de serviços.

Entre as profissões mais propensas ao trabalho remoto, encontram-se áreas relacionadas ao desenvolvimento pessoal e profissional, bem como profissionais de comunicação e marketing, como designers, produtores de conteúdo e Relações Públicas, que têm maior flexibilidade neste aspecto.

"Atualmente, estamos presentes em todo o território nacional, conectados a um ecossistema com mais de 1,6 mil freelancers cadastrados e atendendo a mais de 100 marcas. E isso só é possível graças às possibilidades do trabalho remoto", diz Fábio.

(*) HOMEWORK inspira transformação no mundo do trabalho, nos negócios, na sociedade. É criação da Compasso, agência de conteúdo e conexão.

Homework Homework
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade