1 evento ao vivo

Mercados acionários europeus têm melhor ganho mensal de 2017 mas Catalunha pressiona ações espanholas

29 set 2017
14h19
  • separator
  • comentários

Os mercados acionários europeus encerraram esta sexta-feira com o melhor ganho mensal do ano, ajudados pelo enfraquecimento do euro, embora a incerteza sobre a crise catalã tenha pressionado as ações espanholas.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,44 por cento, a 1.525 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,47 por cento, a 388 pontos, terminando na máxima de três meses e acumulando alta trimestral depois de cair no segundo trimestre.

O enfraquecimento do euro tirou a pressão das ações europeias e especialmente do índice alemão DAX, que envolve muitas empresas voltadas para exportação, ajudando investidores a encontrar um entusiasmo renovado por essa classe de ativos.

"(Os mercados europeus) desaceleraram com o fortalecimento da moeda, mas o euro ainda continua bem abaixo das máximas anteriores", disse a diretora de mercados Globais da Coutts, Monique Wong.

As ações da Volkswagen, porém, caíram 0,3 por cento após a última notícia no escândalo de fraude envolvendo emissão de poluentes nos veículos a diesel, ao informar que está aumentando as provisões para acordos na América do Norte.

O índice IBEX da Espanha avançou 0,51 por cento após quedas na sessão, como alguns operadores dizendo que as preocupações com a Catalunha foram exageradas, embora a incerteza permaneça.

O líder da Catalunha deixou claro que seu governo está determinado a prosseguir com a votação de domingo sobre a independência, mas Madri insistiu que o referendo é ilegal.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,68 por cento, a 7.372 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,98 por cento, a 12.828 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,68 por cento, a 5.329 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,48 por cento, a 22.696 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,51 por cento, a 10.381 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,63 por cento, a 5.409 pontos.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade