0

Iberdrola acusa Enel de concorrência desleal em carta à UE

26 abr 2018
08h09
atualizado às 10h25
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Poste de energia elétrica em São Paulo
Poste de energia elétrica em São Paulo
Foto: Reuters

A espanhola Iberdrola acusou a italiana Enel de não operar de acordo com critérios de mercado e aproveitar o fato de ser controlada pelo Estado.

Em uma carta enviada à Comissão Europeia, a Iberdrola disse que a Enel está tomando decisões de investimento que não seria capaz de manter se não fosse uma empresa controlada e apoiada pelo Estado italiano.

A Enel, que é controlada em 23,6 por cento pelo Tesouro italiano, está atualmente envolvida em uma disputa acirrada com a Neonergia, elétrica brasileira controlada pela Iberdrola, para adquirir a distribuidora de energia paulista Eletropaulo.

"A Iberdrola está avaliando cuidadosamente as ações legais que poderia adotar para garantir que a Comissão Europeia analise cuidadosamente se a Enel e o Estado italiano estão cumprindo as regras de concorrência aplicáveis a empresas estatais ou controladas", afirmou o grupo.

A Comissão Europeia recusou-se a comentar.

Veja também:
 

 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade