0

Guedes destaca urgência de aprovação de crédito suplementar de R$248 bi

14 mai 2019
14h48
atualizado às 15h09
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O ministro da Economia, Paulo Guedes, destacou nesta terça-feira a urgência de o Congresso aprovar crédito suplementar no valor de cerca de 248 bilhões de reais para evitar que o governo quebre a chamada regra de ouro --que proíbe emissão de dívida para financiar despesas correntes.

Ministro da Economia, Paulo Guedes, em Brasília 
08/05/2019
REUTERS/Adriano Machado
Ministro da Economia, Paulo Guedes, em Brasília 08/05/2019 REUTERS/Adriano Machado
Foto: Adriano Machado / Reuters

Segundo Guedes, 200 bilhões de reais seriam para a Previdência, 30 bilhões de reais para pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC), 6 bilhões de reais para o Bolsa Família e quase 10 bilhões de reais para o Plano Safra.

"É o drama fiscal brasileiro", disse o ministro em audiência pública na Comissão Mista do Orçamento (CMO).

Para o ministro, com a aprovação de reformas, o Brasil voltará a crescer de 2% a 3%.

Veja também:

Homem descumpre medida protetiva contra a ex e acaba detido pela GM
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade