PUBLICIDADE

FMI trabalha duro para ajudar países a adotarem precificação do carbono, diz Georgieva

3 nov 2021 09h41
ver comentários
Publicidade

O Fundo Monetário Internacional (FMI) está trabalhando duro para ajudar os países a adotarem a precificação do carbono, e uma quantidade cada vez maior de membros está adotando tais medidas, disse a presidente da entidade, Kristalina Georgieva, nesta quarta-feira.

Georgieva participa de evento no Vaticano
5/2/2020 REUTERS/Remo Casilli
Georgieva participa de evento no Vaticano 5/2/2020 REUTERS/Remo Casilli
Foto: Reuters

Georgieva afirmou à Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas de 2021 (COP26) que quase 25% das emissões foram cobertas por preços de carbono em 2021, mais do que os 17% do ano passado.

"Temos um caminho longo para percorrer quanto à cobertura, mas a transição para a integração da precificação do carbono está aí, e estamos trabalhando duro para ajudar os países a fazerem esta transição", disse ela.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade