PUBLICIDADE

Dicas básicas para você comprar um notebook usado

O dinheiro tá curto, mas você precisa comprar um notebook? Confira as dicas básicas para esta situação.

28 jan 2022 07h00
ver comentários
Publicidade
Foto: Pixabay

Não tá fácil pra ninguém. Comprar um notebook novo agora nem sempre é uma opção para a maioria das pessoas. No entanto, em tempos de home office e de trabalho híbrido, um notebook para trabalhar já virou item essencial. E que tal pensar em comprar uma máquina usada?

De acordo com um levantamento do IDC Brasil, em 2021, os preços dos notebooks subiram mais de 17% no País. A alta pode estar relacionada ao crescimento do home office e as aulas à distância, que aumentaram a procura e, consequentemente, os valores.

Nesse contexto, um notebook usado pode ser uma ótima opção. Mas alguns cuidados são essenciais. Lucas Navarro, especialista em compra e venda de itens usados da Já Vendeu, explica que vale a pena investir em um item de segunda mão se você observar quatro pontos primordiais. 

1. Muito mais barato

Um notebook usado custa cerca de pelo menos 30% mais barato que um novo. Em meio à crise econômica que o Brasil enfrenta, esse tipo de comércio vem crescendo, principalmente por conta da economia. 

Dados recentes do Sebrae, por exemplo, afirmam que o mercado de itens usados cresceu 48% em 2021. Sendo assim, é uma ótima opção para quem busca um bom produto com menor preço.

2. Cuidado com os golpes

Todos os dias acompanhamos novos golpes, principalmente na internet. Investir em um computador usado é uma ótima ideia, mas é preciso se certificar que o vendedor realmente existe, que é uma loja ou plataforma confiável e com boa reputação, e que o item está em bom estado. Caso não consiga achar histórico de avaliações do vendedor, não arrisque.

3. Como escolher o melhor notebook

Busque informações básicas como o modelo, processador e memória. Depois, atente-se ao estado da bateria e, claro, ao lado de fora. Verifique se o invólucro não tem marcas de impactos, especialmente nos cantos, onde pode estar mais deteriorado. 

Também é importante analisar se há rachaduras na tela, se falta teclas ou alguma peça. Se o vendedor não oferece nenhum tipo de garantia ou suporte pós-venda, não compre.

4. Bom para o bolso e para o meio ambiente

Comprar um item usado, principalmente um eletrônico, desde que seja uma plataforma/loja confiável, traz muitos benefícios. Além do cliente pagar muito menos em um item de qualidade, faz a economia circular funcionar e contribuiu com o meio ambiente, pois prolonga a vida útil de um item que poderia ser descartado antes da hora. 

Atente-se aos detalhes e faça uma boa compra!

(*) HOMEWORK inspira profissionais e empreendedores a trabalhar de um jeito mais inteligente, saudável, transformador. Nosso conteúdo impacta mais de 1 milhão de usuários únicos, todo mês. É publicado no Terra e compartilhado via redes sociais, WhatsApp e newsletter. Entre pra comunidade HOMEWORK!

Homework Homework
Publicidade
Publicidade