PUBLICIDADE

Controladores da Cielo aceitam novo preço para oferta sob condições

2 abr 2024 - 08h24
Compartilhar
Exibir comentários

A Cielo anunciou nesta terça-feira que seus controladores aceitaram elevar o preço da oferta para fechamento de capital da maior companhia de meios de pagamento do Brasil desde que os acionistas minoritários não votem pela realização de novo laudo de avaliação da empresa.

O acerto anunciado pela Cielo envolve os controladores -- Banco do Brasil e Bradesco -- e as gestoras de recursos Encore, Clave, XP, AZ Quest, Vinland Capital e Absolute, que somam cerca de 7% das ações da companhia.

O novo preço acertado no compromisso é 5,60 reais por ação, ante um valor de fechamento na véspera de 5,42 reais.

A Cielo realiza nesta terça-feira às 10h uma assembleia de acionistas para votar sobre demanda de acionistas para a realização de novo laudo de avaliação para a operação que vai tirar a única empresa de meios de pagamentos da B3.

Pelo valor atualmente proposto a oferta é de 5,35 reais por ação e a demanda dos acionistas era que o preço, com base em laudo produzido pelo Bank of America, deveria ser 8,61 reais.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade