2 eventos ao vivo

Chevron indica geólogo da casa para chefiar operações no Brasil

12 jul 2018
20h31
  • separator
  • comentários

A Chevron nomeou Mariano Vela, um geologista com 20 anos de experiência na gigante norte-americana, como presidente das operações da empresa no Brasil, disse a companhia à Reuters nesta quinta-feira, na medida em que se expande no maior produtor da América Latina.

Uma carta vista pela Reuters nesta quinta-feira e assinada pelo ex-presidente no Brasil, Javier La Rosa, de 19 junho, diz que Vela iria assumir o cargo no Brasil no início de julho. Em declaração enviada por email, a Chevron confirmou a indicação de Vela.

A Chevron, que teve uma receita global de 135 bilhões de dólares em 2017, tem aumentado sua presença no Brasil. Em um consórcio com a Petrobras e a anglo-holandesa Shell, a norte-americana conquistou seu primeiro bloco no cobiçado pré-sal brasileiro mês passado.

As maiores petroleira do mundo gastaram bilhões nos últimos meses em meio a alta dos preços da commodity e reservas reduzidas para garantir acesso à promissora área, onde bilhões de barris de óleo estão presos embaixo de uma espessa camada de sal no solo do oceano.

Vela entrou na Chevron em 1998 e estudou geologia na Argentina e nos Estados Unidos, disse a empresa.

La Rosa foi transferido para a Venezuela como presidente do país em junho, depois de dois anos no Brasil, após a detenção de meses de dois executivos da Chevron na Venezuela.

La Rosa escreveu na carta, endereçada para uma pessoa de fora da empresa, que preferiu não ser identificada, que seu mandato marca "um período de importante reestruturação e crescimento do nosso setor."

"Estamos muito entusiasmados com os cinco novos blocos que acabamos de adquirir nas últimas duas rodadas de licitação da ANP em 2018", ele afirmou.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade