2 eventos ao vivo

Direção hidráulica, elétrica ou eletrohidráulica?

5 ago 2013
07h12
atualizado às 07h12
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Direção hidráulica quase todo mundo conhece. Mas a chamada direção elétrica, você sabe o que é? Ela também tem função de deixar o volante mais leve, fundamental principalmente na hora de estacionar o carro. Mas há dois tipos, a totalmente elétrica e eletrohidráulica. Quanto à leveza, todas são praticamente iguais. A diferença está nos cuidados do motorista. Entenda o como funciona cada uma e quais as precauções na hora da manutenção.

Hidráulica – É o sistema mais popular, há mais tempo nos carros que circulam no Brasil. A direção fica mais leve graças a uma bomba que faz circular o óleo dentro da caixa de direção. Essa lubrificação auxilia o motorista na hora das manobras. A bomba que toca o óleo é impulsionada pela força do motor. Ou seja, só funciona com o carro ligado. O sistema precisa de manutenção periódica, conforme recomenda o manual do proprietário de cada carro. Em média, o óleo é trocado a cada 50 mil quilômetros. O motorista precisa ficar atento a vazamentos e cuidar o nível do reservatório. Se o óleo estiver acima ou abaixo do nível, a direção ficará pesada.

Eletrohidráulica – O sistema, que muita gente chama de direção elétrica, tem o funcionamento semelhante ao da direção hidráulica. Ou seja, a direção fica mais leve graça ao óleo tocado por uma bomba. A diferença é que essa bomba é acionada por um motor elétrico e não pelo motor do carro. Isso evita a perda de potência do carro. O sistema também precisa de manutenção periódica, acompanhamento do nível de óleo e troca do fluído nos prazos recomendados pela montadora.   

Elétrica – Não há óleo no sistema de direção. Junto à caixa de direção está fixado um motor elétrico que auxilia os braços da direção a ficarem mais leves. Ele é muito mais prático, pois elimina o óleo, mangueiras, correias e polias. O único problema que pode ocorrer é pane no sistema elétrico. Se isso acontecer, porém, a direção ficará pesada, mas não irá travar. O motorista seguirá com o controle do carro.

 

Veja também:

Nova geração do agronegócio cria startups para aliar o campo à tecnologia
Fonte: Canarinho Press Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade