0

30 perguntas que você queria fazer sobre carro elétrico

Respondemos de forma rápida, clara e objetiva 30 questões que a maioria das pessoas faz sobre carros elétricos. Tire suas dúvidas!

24 mai 2020
10h30
atualizado às 10h32
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Audi E-tron: bateria de 95 kW para garantir boa autonomia na estrada.
Audi E-tron: bateria de 95 kW para garantir boa autonomia na estrada.
Foto: Audi / Divulgação

Os veículos elétricos começam a formar um mercado no Brasil. Por isso, é normal que a maioria das pessoas tenha as mais diferentes dúvidas sobre seu funcionamento, suas possibilidades e também os seus riscos. Com base em um material fornecido pela Audi, respondemos 30 perguntas que valem para qualquer tipo de carro totalmente elétrico, de qualquer marca. Confira e tire todas as suas dúvidas.

1. Existe diferença entre um veículo 100% elétrico e um híbrido?

Sim. O veículo 100% elétrico possui apenas motores elétricos, que são alimentados pelas baterias, enquanto um híbrido possui dois tipos de motores: um elétrico e um a combustão interna. Em alguns híbridos, pode haver dois ou três motores elétricos atuando com o motor a combustão.

2. Como funciona a regeneração de energia?

A regeneração ou recuperação de energia funciona da seguinte forma: ao remover o pé do acelerador, o motor deixa de consumir e passa a gerar energia. Existem dois ou três níveis de recuperação de energia num veículos elétrico: sem resistência, o motor funciona na “banguela”; no nível 1, o motor apresenta uma leve resistência recuperando um pouco de energia para a bateria; e no nível 2, o motor apresenta uma maior resistência, recuperando mais energia para a bateria.

3. Como sei que o veículo está ligado?

Olhe no painel e caso esteja escrito “Ready” o carro estará ligado.

Chevrolet Bolt: a marca líder do Brasil também tem seu carro elétrico
Chevrolet Bolt: a marca líder do Brasil também tem seu carro elétrico
Foto: GM / Divulgação

4. Posso utilizar o veículo elétrico quando está chovendo?

Sim, o veículo é totalmente isolado, e tanto o motorista como os outros ocupantes estão totalmente seguros.

5. Ar condicionado, rádio ou luzes descarregam a bateria do veículo elétrico?

Assim como nos veículos a combustão, a utilização destes equipamentos consome energia da bateria de 12v e, como ela é alimentada pela bateria principal, há um consumo mínimo.

6. O veículo elétrico faz algum ruído?

Os veículos elétricos são silenciosos. O som mais perceptível para os passageiros é aquele gerado pelo rolamento do pneu no asfalto, porque o motor elétrico praticamente não produz nenhum tipo de ruído.

7. Como é o desempenho do veículo elétrico para aclives muito acentuados?

Ótimo. Os veículos elétricos têm grandes vantagens, uma vez que não têm perda de torque por fluxo de calor como acontece com motores a combustão. Quanto maior o valor de torque (em Nm), melhor será o desempenho na subida.

Renault Zoe: marca francesa ignorou os carros híbridos e foi direto para os elétricos.
Renault Zoe: marca francesa ignorou os carros híbridos e foi direto para os elétricos.
Foto: Renault / Divulgação

8. O veículo elétrico é mais resistente à água que um veículo à combustão?

Não. Um veículo elétrico possui as mesmas características de vedação que um modelo a gasolina. Em caso de enchente, a recomendação é não enfrentar o ponto de alagamento para qualquer tipo de veículo.

9. Caso necessário, o reboque do carro é realizado de forma convencional ou há algum procedimento diferente?

Se a bateria descarregar é possível rebocar de forma convencional, como em um guincho ou plataforma.

10. Carros elétricos atraem raios?

Não. Carros elétricos não atraem raios.

11. O que rende mais: um tanque cheio de combustível ou uma bateria 100% carregada?

Veículos elétricos são mais eficientes do que veículos a combustão. Em palavras simples: 100 km em um veículo elétrico podem ser alcançados com aproximadamente 20 kWh e os mesmos 100 km no motor a combustão deve consumir cerca de 10 litros de gasolina. Neste sentido, será necessário checar o valor do kWh da sua cidade e o valor do combustível para se chegar a uma resposta mais precisa. Em linhas gerais a economia fica em torno de 70% para o veículo elétrico.

Estação para carregamento de carros elétricos no Espírito Santo.
Estação para carregamento de carros elétricos no Espírito Santo.
Foto: EDP / Divulgação

12. Qual o fator que mais influencia na autonomia?

O principal fator que influencia a autonomia do veículo é o comportamento do motorista ao dirigir. E neste caso aqui também vale a comparação com veículos a combustão: dirigir de forma mais “agressiva” irá consumir mais bateria do veículo.

13. É possível rebocar um trailer com um carro elétrico?

Sim. Assim como um veículo convencional, um carro elétrico pode rebocar um trailer desde que tenha capacidade para isso. Importante considerar que, ao carregar mais peso, o esforço será maior e, consequentemente, a autonomia será menor.

14. Quanto aumentará minha conta de energia elétrica ao carregar um veículo elétrico na minha casa?

Depende de qual é o consumo do cliente atualmente e também de seu carro. No caso de um Audi E-tron, que tem bateria com grande capacidade, se você recarregar o equivalente a uma bateria por semana você estará consumindo 95 kWh, ou seja, no total serão 380 kWh para carregar o veículo durante quatro semanas. É importante frisar que o aumento do consumo de energia residencial deve ficar muito distante do custo pago pelo cliente para abastecer o veículo com gasolina.

JAC iEV40: aposta da marcha chinesa no mercado de veículos elétricos.
JAC iEV40: aposta da marcha chinesa no mercado de veículos elétricos.
Foto: JAC Motors / Divulgação

15. Existe diferença de custo para recarregar o veículo em diferentes horários do dia?

Hoje está vigente no Brasil a tarifa branca, na qual os clientes podem optar por aderir. Na tarifa branca o custo do kWh se torna mais caro nos horários de pico e mais barato fora dos horários de pico. O início e término do horário de pico depende de cada cidade, por isso é importante consultar a sua distribuidora local para mais informações.

16. No caso de o cliente ter aderido à tarifa branca, ele deverá conectar o veículo no momento fora do pico?

A decisão sobre o horário de recarga é do usuário do carro. A qualquer momento o usuário pode conectar o cabo do carregador. Caso o veículo ofereça um sistema de agendamento da recarga, é possível programar o horário mais conveniente e de acordo com as suas preferências.

17. Em grandes congestionamentos, há risco de o veículo ficar sem bateria?

Em um congestionamento existe um consumo mínimo da bateria para manter os equipamentos de conveniência e entretenimento em funcionamento, como ar-condicionado, sistema de som, faróis etc. O risco de ficar sem energia é equivalente a ficar sem combustível. Neste caso a grande vantagem é que os motores elétricos são mais eficientes e não consomem combustível como ocorre em um veículo a combustão.

Caro Chery Arrizo 5e: primeiro sedã 100% elétrico do mercado brasileiro.
Caro Chery Arrizo 5e: primeiro sedã 100% elétrico do mercado brasileiro.
Foto: Caoa Chery / Divulgação

18. Posso recarregar um veículo elétrico em casa?

Sim, para a maioria dos proprietários de carros elétricos esta é a solução mais comum.

19. Quanto tempo preciso para carregar o veículo elétrico?

Depende da potência e tipo do carregador além da infraestrutura que atende a este carregador. O Audi E-tron, por exemplo, permite uma recarga de até 11 kWh em carregadores AC. Já para carregadores DC a potência máxima de recarga é de 150 kW. Como a bateria de cada carro elétrico pode ser diferente, o ideal é pesquisar com o fabricante do veículo. De qualquer forma, para quem pretende deixar o veículo carregando ao longo da noite, a operação de plugar ou desplugar o carro da tomada da residência não levará mais que 1 minuto (esse é o tempo real “perdido” pelo usuário, pois durante o carregamento pode fazer outras coisas e/ou dormir).

Mercedes-Benz EQC: primeiro veículo elétrico da marca alemã.
Mercedes-Benz EQC: primeiro veículo elétrico da marca alemã.
Foto: Mercedes-Benz / Divulgação

20. Existe uma forma de carregar um veículo elétrico sem uma fonte externa de energia?

Veículos elétricos precisam de uma fonte externa de energia para carregar. Todo veículo elétrico possui um sistema de recuperação de energia, mas só uma parte da energia será recuperada durante a utilização do carro..

21. Como a bateria de 12V é carregada?

Considerando uma estação de recarga rápida de 150 kW leva-se aproximadamente 30 minutos para uma recarga de 0% a 80% da bateria. A bateria de 12V é carregada através de um conversor de tensão alimentado pela bateria principal.

22. A bateria de 12V de um carro elétrico pode descarregar?

Sim, assim como ocorre com veículo equipado com motor a combustão interna.

 Nissan Leaf: o carro elétrico mais vendido do mundo também está no Brasil.
Nissan Leaf: o carro elétrico mais vendido do mundo também está no Brasil.
Foto: Nissan / Divulgação

23. É possível pôr um veículo elétrico a trabalhar com bateria auxiliar?

Sim, assim como ocorre com veículo a combustão. Em um veículo elétrico é proibido utilizar auxílio de arranque e pôr a trabalhar com bateria auxiliar. O veículo não pode receber nem dar auxílio de arranque. Em caso contrário são possíveis danos graves na eletrônica.

24. Devo esperar até que a bateria do carro descarregue totalmente para recarregá-la?

Não é necessário esperar que a bateria do veículo se descarregue por completo para realizar uma recarga. As baterias de lítio em veículos elétricos se beneficiam de cargas parciais e não perdem autonomia executando pequenos intervalos de recarga.

25. Até quanto devo carregar um veículo elétrico?

Para uso diário e pequenas distâncias, o recomendável é ajustar o nível de carga para 80%. Para viagens de longas distâncias, é recomendável ajustar o nível de carga para 100%, visando maior alcance.

Recarga de um SUV E-tron: a Audi é uma das marcas que mais investem no elétrico.
Recarga de um SUV E-tron: a Audi é uma das marcas que mais investem no elétrico.
Foto: Audi / Divulgação

26. O que faço se a bateria do meu veículo ficar sem carga?

Assim como no caso de pane seca para veículos a combustão, caso a bateria do veículo elétrico tenha sua carga esgotada, a melhor opção é chamar um guincho para transportar o carro até um local para efetuar uma recarga.

27. Quantas estações de recarga existem no Brasil?

Hoje são cerca de 400 estações de recarga de acesso público no Brasil com potência variando entre 3,6 kW e 50 kW, mas esse número vem aumentando de forma rápida nos últimos anos. O aplicativo PlugShare pode ser uma excelente forma de buscar pela estação de recarga mais próxima.

Interior do BMW i3: o carro elétrico não tem câmbio para trocas de marcha.
Interior do BMW i3: o carro elétrico não tem câmbio para trocas de marcha.
Foto: BMW / Divulgação

28. Ao colocar o veículo elétrico para carregar, posso receber alguma descarga elétrica?

Não, o sistema de alta tensão é isolado e protegido.

29. A manutenção de um veículo elétrico é mais barata?

A manutenção de um carro elétrico é mais barata do que a de veículos a combustão. Uma vez que não é necessário substituir elementos como filtro de óleo, filtro de ar, velas de ignição ou óleo do motor, a manutenção é basicamente para calibração e inspeção dos sistemas elétricos do veículo.

30. Um mecânico de confiança pode fazer a manutenção do meu veículo elétrico?

Não, é recomendável que os reparos sejam realizados por um concessionário homologado pelo fabricante para fazer qualquer tipo de reparação.

 

Veja também:

BC corta Selic para 3% ao ano
Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade