1 evento ao vivo

Bolsas da Europa recuam após resultados e perdas em Wall St

13 fev 2018
15h37
  • separator
  • comentários

Os principais índices acionários europeus recuaram nesta terça-feira uma vez que uma série de resultados corporativos não impulsionou o mercado e Wall Street recuava antes de dados sobre a inflação nos Estados Unidos, previstos para quarta-feira.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,63 por cento, a 1.454 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,63 por cento, a 371 pontos.

Apesar da queda, o STOXX 600 ainda permanece acima da mínima de quase seis meses atingida neste mês.

Uma forte leitura sobre os preços ao consumidor nos EUA pode reacender preocupações sobre altas mais rápidas da taxa de juros --os mesmos receios que provocaram as vendas generalizadas de ações na semana passada nos mercados acionários globais.

"Ainda não formamos um consenso em torno desse rali e podemos entrar em problemas se estiver faltando convicção", disse Neil Wilson, analista sênior do ETX Capital.

Uma série de resultados corporativos rendeu reações tanto positivas quanto negativas na sessão.

O setor de telecomunicações liderou entre as quedas depois que a Telenet divulgou o resultado de 2017. A operadora belga caiu mais de 5,5 por cento, pior desempenho do STOXX.

Por outro lado, os papéis da produtra francesa de videogames Ubisoft avançaram 6,1 por cento.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,13 por cento, a 7.168 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,70 por cento, a 12.196 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,60 por cento, a 5.109 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,35 por cento, a 22.034 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 1,23 por cento, a 9.650 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,15 por cento, a 5.365 pontos.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade