0

BNDESpar pode vender ações da JBS e de outras empresas em carteira, diz presidente do BNDES

7 dez 2017
18h58
  • separator
  • comentários

O presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro, disse nesta quinta-feira que o banco pode vender ao menos 10 por cento da carteira do braço de participações BNDESpar, incluindo parte do que detém na empresa de proteína animal JBS.

Segundo ele, a venda de parte da carteira de ações do banco começará em 2018 e o desinvestimento será feito ao longo do tempo. Rabello de Castro afirmou que o objetivo é reduzir a participação do BNDESpar em grandes conglomerados e investir mais em empresas de menor porte e ligadas a novas tecnologias.

"Com certeza, qualquer ação na nossa carteira tem um grau de comercialização e essa (da JBS) é comercializável. Essa é uma das possibilidades", disse. "Será um processo gradual...vamos sair daquelas participações onde já estamos mais maduros", disse o presidente do banco de fomento.

Castro estimou que a carteira do BNDESpar soma cerca de 60 bilhões de reais. Na JBS, o braço de participações do banco detém 21,3 por cento das ações.

"Nas décadas anteriores, o acesso a capitais no Brasil e exterior não estavam maduros, mas hoje os grandes conglomerados estão mais capacitados para irem ao mercado de capitais. O banco vai recuar e avançar em outros campos", disse Castro.

Com a venda das participações, o banco pretende se financiar para futuras liberações ou para novas participações em empresas de menor porte ou em aplicações em renda fixa, afirmou o presidente do BNDES.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade