PUBLICIDADE

5 estratégias para sua loja virtual ter entregas eficientes

21 jun 2022 02h00
ver comentários
Publicidade
Caio Reina
Caio Reina
Foto: Divulgação

O e-commerce vai aonde o consumidor está. Com o isolamento social, essa se tornou a alternativa para muitas empresas e comércios que migraram parte ou 100% das vendas para o comércio eletrônico. Nesse cenário, como planejar uma entrega eficiente? 

Quem já trabalhava com o e-commerce viu não apenas a demanda crescer a cada semana, bem como os novos competidores. Esses números são explicados pelo levantamento de 2020 da ABComm (Associação Brasileira do Comércio Eletrônico),  que mostra um aumento de 5x das aberturas mensais de lojas virtuais e a adesão de mais de 100 mil para as vendas on-line. 

A etapa mais importante da venda via e-commerce é a entrega. Isso porque não contempla apenas o produto que o cliente irá receber, mas o tempo que vai demorar entre ele apertar o botão de compra até recebê-lo. 

Esse processo pode parecer complexo e custoso, mas é possível criar um sistema de entrega ágil e econômico a partir de um software de roteirização. Por meio da utilização de Inteligência Artificial, é possível atribuir uma experiência única e diversificada ao cliente, uma vez que este recurso tecnológico mapeia os veículos disponíveis para entrega, endereços e produtos, dividindo corretamente cada área e consequentemente, melhorando a experiência do cliente no quesito da entrega.

Pensando nisso, é necessário investir em processos e tecnologias específicas para melhorar e incrementar seu e-commerce, visando o benefício e a eficiência para o cliente:

1. Investir em tecnologias no e-commerce

O uso adequado da tecnologia pode trazer à tona a eficiência dos processos de entrega. Tecnologias como otimização de rotas e torre de controle para monitoramento em tempo real dão um maior poder de gestão ao empreendedor sobre os negócios. 

2. Manter o cliente engajado

O consumidor quer participar de todas as fases da compra. Informar o cliente sobre o tempo estimado de entrega com a opção de rastreamento do pacote é uma estratégia de retenção indireta. Além disso, é possível atualizá-lo com mensagens por aplicativo, e-mail ou SMS. Essas notificações podem ajudar o consumidor a se preparar para o recebimento do pacote, se necessário. Proporcionar diferentes alternativas é a forma de captar mais clientes e satisfazer diferentes demandas.

3. Definir a melhor estratégia logística e otimizar o custo de entrega

No e-commerce, cada produto precisa ser entregue para o cliente no prazo esperado e nas condições ideais. Custos como o do combustível e o transporte podem ser reduzidos usando a tecnologia apropriada. O uso de plataformas de gestão de entregas auxilia a transportar o número máximo de encomendas, percorrendo a distância mínima necessária e sem deixar de fora as necessidades de cada negócio. E esse é o ponto chave para uma entrega eficiente.

4.  Definir um frete competitivo é essencial

Escolha um preço que se adeque aos padrões do seu setor. A utilização de tecnologia e softwares ajuda a diminuir o custo por entrega e consequentemente promover fretes mais baratos, isso tudo sem deixar a satisfação do cliente de lado. 

5. Gerenciar a logística de estoques

Ter processos logísticos eficientes e uma gestão de estoque focada na redução de desperdícios é essencial. Aumenta a possibilidade de trabalhar com custos de frete reduzidos, diminui o capital de giro imobilizado no estoque e implanta as ações que entregam maior eficiência no fluxo de mercadorias.

As estratégias dos serviços de entrega de pacotes devem focar em reter clientes: fornecer os melhores serviços e uma ótima experiência é a única chave para garantir essa retenção. Portanto, tenha uma vantagem em tecnologia para fornecer serviços no prazo prometido usando Plataformas de Gerenciamento de Entrega.

(*) Caio Reina é CEO e fundador da RoutEasy.

Homework Homework
Publicidade
Publicidade