PUBLICIDADE

Disney+ anuncia documentário sobre os Beatles

Dirigido por Peter Jackson, 'Beatles: Get Back' tem seis horas de duração e aborda as gravações do último disco do grupo inglês

17 jun 2021 20h11
| atualizado às 21h51
ver comentários
Publicidade
Foto: Divulgação/Disney / Pipoca Moderna

A plataforma Disney+ anunciou a data de estreia de Beatles: Get Back, documentário dirigido por Peter Jackson (O Senhor dos Anéis) sobre as gravações do último disco dos Beatles. O projeto de seis horas de duração será dividido em três episódios, com lançamentos nos dias 25, 26 e 27 de novembro.

Repleta de cenas nunca antes vistas, o documentário resulta da descoberta de mais de 50 horas de material gravado originalmente em janeiro de 1969, enquanto os Beatles trabalhavam nas músicas do álbum Let It Be, seu último lançamento antes da separação.

As filmagens originais do diretor Michael Lindsay-Hogg ocorreram de 2 de janeiro a 31 de janeiro de 1969 e deveriam virar um especial de televisão sobre a produção do disco. Mas a banda anunciou sua separação logo em seguida e, com a repercussão, o material acabou lançado no cinema, em maio de 1970, focando nas brigas e disputas internas que teriam levado os músicos a acabar com a banda.

Entretanto, ao contrário do que foi visto em 1970, o trabalho de Jackson deve mostrar outro lado dessa história, revelando os velhos amigos John, Paul, Ringo e George em clima leve e divertido. Aparentemente, o material anterior visava explorar o fim dos Beatles de forma sensacionalista, quando a realidade foi bem diferente.

A produção também incluiu o célebre show no telhado do estúdio da Apple, em Londres, última apresentação da banda, que se seguiu à gravação do disco.

Em comunicado sobre o projeto, Jackson afirmou: "Em muitos sentidos, as cenas capturadas originalmente por Michael Lindsay-Hogg se prestavam a múltiplas histórias. Uma história de amizade, mas também de indivíduos. Uma história sobre fragilidades humanas, mas também parcerias divinas. A história detalhada do processo criativo, com o nascimento de canções icônicas sob pressão, tendo como pano de fundo o clima social de 1969".

O diretor ainda disse que este "não é um filme nostálgico, mas sim um trabalho cru, honesto e humano". "No decorrer destas seis horas, você vai conhecer os Beatles com uma intimidade que não acreditava ser possível", completou.

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Publicidade
Publicidade