PUBLICIDADE

Reality Shows

Patrocínio Logo do patrocinador

Wagner Santiago pede perdão a Gleici após ser acusado de agressão

15 nov 2023 - 13h36
(atualizado às 15h18)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Divulgação / Pipoca Moderna

O ex-BBB Wagner Santiago se pronunciou sobre as acusações de agressão feitas pelas ex-namorada Gleici Damasceno. Em nota publicada no Instagram, ele pediu perdão à ex-sister e afirmou "compreender o que ela sentiu e sente até hoje".

"Minha relação com a Gleici desencadeou processos que ainda me acompanham, imagino que por ter sido um relacionamento considerado público e mesmo minha vida tendo seguido um caminho muito distante do dela, essa relação ainda reverbera de alguma forma", declarou Wagner num trecho do desabafo.

"Embora não possa avaliar nem julgar os gatilhos e motivações para que isso tenha vindo à tona agora, posso compreender o que ela sentiu e sente até hoje, e pelas palavras que eu disse naquele momento, dentro da mais pura sinceridade, peço perdão."

Por fim, Wagner Santiago garantiu que não possui comportamentos que são considerados tóxicos e abusivos dentro de relacionamentos. No entanto, ele deixou evidente que reconhece o sofrimento da ex-sister, tanto é que se desculpou pela situação.

"Quero afirmar que este tipo de comportamento que supostamente atrelaram a mim não condiz com as minhas atitudes nas minhas relações afetivas e interpessoais, e se infelizmente ocorreram traumas em relações que com o tempo passaram a ser tóxicas, peço perdão e afirmo que minha busca em ser um ser humano melhor não inclui esses traços", ele completou.

 

Violência doméstica

Gleicei Damasceno fez um desabafo na noite de segunda-feira (13/11) sobre violência doméstica em solidariedade à Ana Hickmann. Na ocasião, a campeã do "BBB 18" sugeriu ter sido vítima de abusos e agressões de um ex-namorado famoso. "É quem vocês estão pensando sim", ela escreveu no X (antigo Twitter), sugerindo que o culpado fosse Santiago.

"Lamento que Ana Hickmann tenha passado por isso. O que ocorreu com ela me fez recordar um ex-namorado abusivo/agressor. Naquela época, hesitei em chamar a polícia, principalmente para protegê-lo [me arrependo profundamente]. Foram anos de terapia para superar isso", relatou Gleici, que buscou tratamento psicológico para lidar com o trauma.

"Desejo todo amor para ela, esperando que consiga romper esse ciclo de violência e seguir uma vida plena. Ana é uma mulher forte e inteligente, capaz de inspirar outras a não viverem relacionamentos abusivos", completou a ex-sister.

Foto: Reprodução / Pipoca Moderna
Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Compartilhar
Publicidade
Publicidade