0

Por que Nego Di se tornou o mais odiado da história do BBB

O Terra separou uma lista de momentos que explicam a liderança do humorista no ranking do ódio do reality show

18 fev 2021
17h34
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Com um comportamento bem problemático no BBB 21, Nego Di "uniu" o Brasil e foi dono da maior rejeição da história do reality show, com 98,76% dos votos em sua eliminação, no paredão contra Fiuk e Sarah. Mas será que o humorista deu tantos motivos assim para o país inteiro odiá-lo?

O Terra separou uma lista de momentos que explicam o por que Nego Di assumiu a liderança do ranking do ódio, e conversou com a psicóloga humanista Aline Linares, do @psicoartelogia, para explicar. Assista abaixo.

Por que Nego Di se tornou o mais odiado do BBB

Confira a lista que o Terra separou em entrevista com a psicóloga Aline Linares:

1. Comportamento machista dentro da casa
Se pensarmos no Big Brother como um recorte da sociedade, penso no Nego Di como um “reflexo” de muitos comportamentos “tóxicos" que já não se encaixam mais no momento em que vivemos e são combatidos por movimentos sociais importantes. Um de seus posicionamentos que mais incomodaram foi o machismo. Ele entrou no programa se colocando como um “machista em desconstrução”, porém no decorrer de sua participação teve falas e atitudes machistas, como o “episódio da flauta [em que ele insinua que apenas por se deitar próximo de Carla Diaz teria vontade de se masturbar], como se uma mulher fosse um objeto sexual à disposição do seu prazer. A sociedade já passou do tempo de achar que fazer piadas machistas é engraçado.

Nego Di foi eliminado do BBB 21 com 98,76% dos votos
Nego Di foi eliminado do BBB 21 com 98,76% dos votos
Foto: Reprodução/Globoplay

2. Achava que várias mulheres da casa estavam "dando em cima" dele
Podemos dizer que essa pode ser uma atitude comum em homens machistas, aqueles homens que enxergam as mulheres como simples objetos, cuja única função no mundo é a de dar prazer aos homens. Portanto, toda e qualquer atitude de alguma mulher para com ele, tende a ser sexualizada.

3. Virou as costas para Lucas Penteado após ataques do "grupão"
Foi uma traição. O Lucas deu o líder para ele e foi vetado na prova seguinte. Ele foi amigo enquanto ele via o Lucas como alguém que ia trazer benefícios a ele. Com as brigas ele pensou que seria ao contrário, que ficar perto do Lucas poderia lhe gerar rejeição e se afastou. Apesar de dizer que o papel de amigo é sentar e conversar para que fosse possível ajudar o outro a enxergar as coisas que não estavam legais, na verdade ele mal conversava com Lucas. Ele julgava e depois pelas costas falava mal, além de articular para que ele saísse.

4. Disse ser "preconceituoso em desconstrução", mas provou o contrário
Apesar de ele ter se colocado como um "preconceituoso em desconstrução", o que poderia ser uma coisa boa, pois vivemos em uma sociedade com questões tão estruturais a serem trabalhadas, não foi isso que ele demonstrou em suas atitudes cotidianas na casa. O ódio coletivo é justamente porque ele representou aquilo que combatemos todos os dias, tanto dentro de nós mesmos quanto nos outros.

 

Fonte: Equipe portal
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade