PUBLICIDADE

'Malhação': Paulo Roberto e Cissa se entregam à polícia

5 ago 2010 20h20
| atualizado às 21h53
Publicidade

Depois de ouvir de Bernardo (Fiuk) que este gostaria que Antônio (Sérgio Mastropasqua) fosse pai, porque ele, sim, não faria nunca o que o pai fez, Paulo Roberto (Tarcísio Filho) decide se entregar à polícia, em Malhação. A cena vai ao ar na próxima terça-feira (10).

A ideia inicial era se mudar com a esposa e os dois filhos para a Europa, onde todos recomeçariam a vida com identidades falsas. Mas, depois do desabafo do filho, ele muda os planos na tentativa de recuperar o orgulho da família.

Bernardo pergunta o porquê da atitude do pai, que confessa ter escutado a conversa dele com Antônio.

Em sinal de apoio, Bernardo e Clarinha (Luciana Didone) seguem junto com os pais até a porta do carro. O casal é rodeado pela imprensa na chegada à delegacia, onde irão prestar depoimento. E, para surpresa de todos, depois de algumas horas, os dois retornam dizendo que, por colaborarem com a investigação, vão responder ao processo em liberdade.

Já em casa, os repórteres, do lado de fora, pedem para falar com Bernardo. O chamam de heroi e perguntam o que ele fez para convencer os pais. "Eu só fiz o que achava certo. Se todo mundo agisse assim, todos seriam heróis também!", argumenta Bernardo.

Roberto (Tarcísio Filho) e Cissa (Vera Zimmermann) são rodeados por jornalistas em frente a delegacia
Roberto (Tarcísio Filho) e Cissa (Vera Zimmermann) são rodeados por jornalistas em frente a delegacia
Foto: Blenda Gomes/TV Globo / Divulgação
Fonte: Redação Terra
Publicidade