6 eventos ao vivo

Consumo de podcasts na principal plataforma de áudio cresceu 200% em 2020

'Horóscopo Hoje' foi o programa mais ouvido do Brasil em 2020; veja a lista com os 10 mais

1 dez 2020
06h11
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O consumo de podcasts no Spotify aumentou em 200% em 2020, de acordo com dados financeiros divulgados pela empresa recentemente. No terceiro trimestre do ano, 22% dos usuários ativos engajaram com os cerca de 1,9 milhão de podcasts na plataforma, e a receita com publicidade nesse tipo de conteúdo vem dobrando ano a ano.

A divulgação dos números por parte da empresa faz parte do lançamento da campanha anual "Wrapped", nesta terça-feira, 1.º, em que os usuários podem verificar e compartilhar o consumo pessoal do ano no serviço de streaming.

Ainda em 2020, a plataforma colocou no mercado brasileiro 40 podcasts originais e exclusivos, entre eles o Horóscopo Hoje — o maior sucesso entre todas as produções nacionais. Outros programas que estão na lista dos 10 mais ouvidos são o NerdCast, o Mamilos e o Filhos da Grávida de Taubaté.

No mercado internacional, os programas mais ouvidos são The Joe Rogan Experience, TED Talks Daily e o The Daily.

Ainda em novembro, o Spotify anunciou a aquisição da Megaphone, uma plataforma de publicidade em podcasts, facilitando a entrega de propaganda nos programas e dando mais um passo para a consolidação do formato no serviço.

Retrospectiva podcasts 2020 do Spotify:

Top 10 podcasts mais ouvidos do Brasil

  1. Horóscopo Hoje
  2. Café da Manhã
  3. Primocast
  4. NerdCast
  5. Flow Podcast
  6. Autoconsciente
  7. O Assunto
  8. Mamilos
  9. Inglês do Zero
  10. Filhos da Grávida de Taubaté

Top 10 podcasts mais ouvidos do mundo

  1. The Joe Rogan Experience
  2. TED Talks Daily
  3. The Daily
  4. The Michelle Obama Podcast
  5. Call Her Daddy
  6. NPR News Now
  7. Crime Junkie
  8. Stuff You Should Know
  9. Gemischtes Hack
  10. The Journal

Veja também:

Dua Lipa desabafa sobre ansiedade causada pelas redes
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade