1 evento ao vivo

Jornalista Carla Vilhena lembra assédio que sofreu de músico

'Ele me assediou ao telefone descaradamente', disse ela em uma publicação no Twitter

13 fev 2020
13h10
atualizado às 13h15
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A jornalista e apresentadora Carla Vilhena fez uma publicação no Twitter em que falou sobre o assédio que sofreu de um músico famoso enquanto tentava entrevistá-lo. Ela não revelou o nome do cantor.

Carla Vilhena pediu demissão da Globo para se dedicar a site pessoal
Carla Vilhena pediu demissão da Globo para se dedicar a site pessoal
Foto: Instagram/@carlavilhenaa / Estadão Conteúdo

"No SPTV, fazíamos entrevistas com artistas. Liguei para um músico famoso e convidei-o para o programa. Ele me assediou ao telefone descaradamente", disse ela. Carla trabalhou na Rede Globo por 34 anos, onde apresentou e trabalhou em diversos telejornais.

"Quando ele me cantou, eu era casada, todo mundo sabia, e ele não se importou. Eu tentava escapar e ele insistia", continuou a jornalista. O depoimento de Carla Vilhena foi motivado pelos recentes insultos à repórter Patrícia Campos Mello em uma CPMI no Congresso Federal.

Ainda sobre o tema, Carla contou que, quando precisou entrevistar o músico novamente, desta vez para o programa Fantástico, ele se recusou a falar com ela, alegando que era um "homem casado". "Me senti péssima", comentou sobre toda a situação.

Carla Vilhena pediu demissão em 2018, quando decidiu se dedicar a um site pessoal criado por ela há alguns anos. "Meu projeto pessoal precisa ampliar fronteiras e, enquanto for vinculada ao jornalismo, estarei impossibilitada de fazer isso", disse ao anunciar a saída da emissora.

Veja também:

Carol Francischini treina na varanda de sua casa
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade