PUBLICIDADE

Google faz homenagem a Avicii no dia em que DJ faria 32 anos

Um dos maiores nomes da música eletrônica, o artista sueco cometeu suicídio em 2018

8 set 2021 13h41
| atualizado às 14h20
ver comentários
Publicidade

Nesta quarta-feira, 8, o Doodle do Google traz uma homenagem a Avicii no dia em que completaria 32 anos. O DJ e produtor sueco Tim Bergling, seu nome de batismo, cometeu suicídio em 20 de abril de 2018, aos 28 anos.

Avicii anunciou sua aposentadoria dos shows em 2016 como uma das grandes estrelas mundiais da música eletrônica. Entre seus hits, estão Wake Me Up!, The Days e You Make Me. Sua última apresentação foi em Ibiza, na Espanha, em agosto daquele ano, e ele ainda lançou o EP Avicii em agosto de 2017. 

DJ e produtor sueco Tim Bergling completaria 32 anos
DJ e produtor sueco Tim Bergling completaria 32 anos
Foto: Reprodução/Instagram

O artista foi encontrado morto em um hotel, na cidade de Muscat, em Omã, país na costa sudeste da Península Arábica. "Ele lutou realmente com pensamentos sobre o sentido das coisas, a vida, a felicidade. Agora já não tinha forças, queria encontrar paz", afirmou em comunicado a família na época.

O Google traz hoje um vídeo animação do DJ ao som de Wake Me Up!. "Seja nos alto-falantes do palco principal de um festival ou nos fones de ouvido de milhões de ouvintes em todo o mundo, a música do DJ superstar sueco, produtor, compositor e humanitário Tim Bergling — mais conhecido por seu nome artístico Avicii — é amplamente considerada como tendo mudado para sempre a trajetória do gênero pop", escreveu a plataforma.

"O vídeo Doodle de hoje, com uma de suas faixas mais icônicas, Wake Me Up, comemora seu 32º aniversário e homenageia seu legado como um dos primeiros artistas a elevar a música eletrônica ao sucesso global", continua o texto, que conta a história do artista.

Avicii era pioneiro no movimento contemporâneo conhecido como EDM (eletronic dance music) e um dos poucos DJs do mundo capazes de lotar arenas em qualquer parte do globo. Ele venceu dois MTV Music Awards, e foi indicado duas vezes ao Grammy. Seus vídeos acumulam bilhões de visualizações no Youtube.

Depressão e alcoolismo

Após anunciar em março de 2016 sua retirada temporária dos palcos, o DJ sueco tentou buscar "um equilíbrio" em sua vida para ficar bem e fazer "o que mais queria: música". O músico tinha sofrido diversos problemas de saúde relacionados com consumo excessivo de álcool.

"Tem sido uma jornada muito louca. Eu comecei a produzir quando tinha 16 anos. Comecei a fazer turnês quando tinha 18. Desse ponto em diante, eu pulei nisso 100%", disse Avicii à Billboard em 2016.

"Quando eu olho para trás, penso: uou, eu fiz isso? Foi a melhor parte da minha vida em um sentido. Veio com um preço, muito stress, muita ansiedade para mim — mas foi a melhor jornada da minha vida", afirmou, naquela ocasião.

Em 2017, ele sofreu de pancreatite aguda, em parte devido ao consumo excessivo de álcool.

Carreira

Nascido em Estocolmo em 8 de setembro de 1989, Avicii alcançou relevância mundial como DJ e produtor de música eletrônica graças à sua canção Levels, que em 2011 se tornou em um enorme sucesso.

O DJ sueco, que atuou como estrela em festivais de todo o mundo, foi muito conhecido por colaborar com grandes artistas como Coldplay em A Sky Full of Stars, David Guetta em Sunshine, Lenny Kravitz em Superlove, Robbie Williams em The Days e Rita Ora em Lonely Together.

Em 2014 assinou Dar um Jeito (We Will Find a Way), a música oficial da Copa do Mundo de Futebol realizada no Brasil, junto a Carlos Santana, Wyclef Jean e Alexandre Pires. Depois de operações no mesmo ano, ele cancelou uma série de shows para se recuperar.

Estadão
Publicidade
Publicidade