PUBLICIDADE

Débora Falabella diz que entende Ana Paula Arósio e já pensou em desistir da TV

'Não é fácil lidar com uma exposição de vida', disse atriz, que se considera uma pessoa 'muito fechada'

20 ago 2023 - 17h34
(atualizado às 19h45)
Compartilhar
Exibir comentários
Débora Falabella como Lucinda em "Terra e Paixão"
Débora Falabella como Lucinda em "Terra e Paixão"
Foto: Globo/ João Miguel Jr.

Débora Falabella falou sobre algumas dificuldades que enfrentou no passado para lidar com a fama de ser uma atriz famosa no Brasil. Ela ainda citou o exemplo de duas atrizes que se afastaram dos holofotes por vontade própria, Ana Paula Arósio e Lídia Brondi, e disse que compreende suas atitudes.

"Sempre fui muito fechada. Me assustei com a invasão de privacidade e comecei a questionar minha carreira. Ficava pensando nos prós e contras. [...] É muito absurdo você sair na rua e as pessoas te reconhecerem. Não consigo me acostumar com isso, acho esquisito", afirmou.

Débora prosseguiu: "Teve uma época em que eu dei uma 'panicada', mas não desisti, né? Continuei. Entendi que a profissão não era só isso, mas dei uma apavorada, sim".

"Entendo totalmente atrizes que desistiram da profissão, como Lídia Brondi e Ana Paula Arósio. Elas largaram no auge. Não é fácil lidar com uma exposição de vida", concluiu.

Ana Paula Arósio

Ana Paula Arósio fez bastante sucesso em novelas dos anos 1990 e 2000, como Hilda Furacão, Terra Nostra, Esperança e Páginas da Vida. Porém, após recusar alguns trabalhos, ela pediu demissão da Globo e não retornou à TV. Uma de suas últimas aparições recentes se deu numa propaganda de banco que a chamava de "sumida" em agosto de 2020.

Ela chegou a se mudar para regiões longe de grandes centros urbanos, no interior paulista e do Reino Unido, e afastou-se de vez da vida pública. para relembrar sua trajetória.

Lídia Brondi

Já Lídia Brondi esteve no elenco de diversas produções marcantes dos anos 1970 e 1980, como Vale Tudo, Roque Santeiro, Tieta e Dancin' Days, mas decidiu parar com os trabalhos artísticos e se lançar como psicóloga.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade