PUBLICIDADE

André Valadão incentiva evangélicos a matarem pessoas LGBTQIAP+ em culto e web condena homofobia. Veja vídeo!

André Valadão levantou uma grande polêmica após realizar um culto em que faz muitos comentários violentos direcionados à população LGBTQIAP+. No vídeo que circula nas redes sociais, ele ainda sugere que seus seguidores matem pessoas dessa comunidade já que, segundo ele, Deus teria dito que Ele mesmo não pode fazer isso.

3 jul 2023 - 12h33
Compartilhar
Exibir comentários
André Valadão incentiva seguidores evangélicos a matarem pessoas da comunidade LGBTQIAP+ em culto. Veja vídeo!.
André Valadão incentiva seguidores evangélicos a matarem pessoas da comunidade LGBTQIAP+ em culto. Veja vídeo!.
Foto: Reprodução, YouTube/Lagoinha USA / Purepeople

O pastor André Valadão, que já gerou controvérsia ao dizer que fiéis não podem acessar sites de fofoca, deu o que falar nas redes sociais após realizar uma transmissão ao vivo do seu culto na Igreja Lagoinha, em Orlando, nos Estados Unidos, no último domingo (02). Isso porque, durante a live, ele fez muitos ataques preconceituosos à população LGBTQIAP+ e chegou a insinuar que seus seguidores evangélicos matassem as pessoas que pertencem à essa comunidade.

André Valadão faz comentário homofóbico sobre Parada LGBTQIAP+

Valadão já começa o vídeo fazendo comentários preconceituosos e criticando a Parada LGBTQIAP+. "A porta que se abriu para o casamento homossexual, homoafetivo, não é um mero casamento. 'Ah, mas eles se amam... Jorgão com Jorgão, Terezinha com Terezinha...', 'Ai, não. O que vale é toda forma de amor! Deixa casar, deixa viver'... Ai hoje você vê nas paradas homens e mulheres nuas, com seus órgãos genitais completamente expostos, dançando na frente de crianças... ai você horroriza. 'Ai, que absurdo'", dispara.

Em seguida, ele, que recebeu apoio de Neymar após publicar vídeo contendo fake news nas redes sociais em 2022, usa argumentos cristãos para tentar embasar sua homofobia e indica que ser LGBTQIAP+ é ser "anormal". "Mas essa porta foi aberta quando nós tratamos como normal aquilo que a Bíblia já condena. Então agora é hora de tomar as cordas de volta e dizer: não, não, não. Pode parar, reseta".

André Valadão incentiva fiéis a matarem pessoas da comunidade LGBTQIAP+

...

Veja mais

Purepeople
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade