0

Semana da Mulher: 10 personagens que marcaram as HQs

Continuando nossa Semana da Mulher, reunimos as 10 personagens femininas que marcaram as Histórias em Quadrinhos.

7 mar 2018
08h20
atualizado às 16h27
  • separator
  • comentários

Elas sempre estiveram por aí, marcando presença nas histórias. Se dia 8 de março nós celebramos o Dia Internacional da Mulher, é válido relembrar as mulheres que conquistam o público com suas atitudes surpreendentes, sua postura vencedora e seu senso crítico.

Foto: Reprodução / Montagem

Listamos aqui 10 personagens que de um jeito ou de outro representam esse ideal de busca pela igualdade em um mundo que muitas vezes é bastante desigual. A lista poderia ter pelo menos 50 personagens, então comente quem você colocaria nela. Combinado?

Foto: Reprodução / Mauricio de Souza Produções

1 - Mônica
Não tem como fazermos uma lista e não lembrar dela. Quase sinônimo de quadrinhos nacionais, a Turma da Mônica só tem esse nome porque ela, a dentucinha mais amada do Brasil, chegou chegando e desbancou os antigos líderes da turma, Franjinha e Cebolinha. Desde 1963, quando foi criada por Mauricio de Sousa, a baixinha já protagonizou milhares de aventuras, enfrentou vilões, desafiou os moleques do bairro, anunciou extrato de tomate e conquistou pra si o título de dona da rua, que ela agora compartilha com todas as leitoras que a amam.

Foto: Reprodução / Quino

2 - Mafalda
Quem olha para essa simpática garotinha baixinha de bochechas gordinhas não consegue sacar o quão crítica ela é. Mafalda é um verdadeiro ícone para os argentinos e herdou de seu criador, Quino, o espírito contestador. Ela questiona sistemas, valores e dogmas, não deixando ninguém de fora, desde que surgiu em 1962 em um anúncio do jornal Clarín.

Foto: Reprodução / Walt Disney

3 - Minnie Mouse
Do mundo da Disney, trago a ratinha mais famosa do mundo. Ícone fashion, Minnie Mouse completou 90 anos em 2018 inaugurando seu espaço na calçada da fama de Hollywood. Nada mal para uma personagem que passou pela história dos desenhos animados e dos quadrinhos sem perder a pose e sem viver à sombra de seu namorado, o Mickey.

Foto: Reprodução / Max Fleischer

4 - Betty Boop
Curiosidades sobre essa moça: ela nasceu em agosto de 1930 como uma caricatura de uma cantora, Helen Kane. E seu visual foi planejado para que ela se assemelhasse a um poodle francês. O que poderia soar bizarro na verdade foi a chave de uma das personagens mais clássicas tanto dos quadrinhos quanto das animações. Transgressora, Boop sempre usou looks que desafiavam os rígidos costumes americanos, muito antes da palavra empoderamento entrar na moda. Em um explícito exemplo para as mulheres, Betty Boop as encorajou a serem o que quiserem ser.

Foto: Reprodução / DC Comics

5 - Mulher-Maravilha
Por falar em empoderamento e encorajamento, Diana é um grande exemplo para as mulheres do mundo todo. Nascida em 1941 pelas mãos de William Moulton Marston, a heroína trouxe equilíbrio à nona arte, que até então era dominada por heróis masculinos. Enquanto enfrentava vilões, a personagem estabeleceu todo um universo ao lado de suas irmãs Amazonas, mostrando todo o poder feminino ao mundo, de forma inigualável. Princesa de Themyscira, Diana tornou-se parte da Trindade ao lado de Superman e Batman e é embaixadora da Onu. Uma carreira realmente maravilhosa que teve seu ápice em 2017, com o excelente longa-metragem protagonizado por Gal Gadot.

Foto: Reprodução / Marvel Comics

6 - Tempestade
Popular dentre os X-men, Ororo é mais que uma integrante de um famoso grupo. Seus poderes de controlar o clima em qualquer lugar do universo a tornam uma heroína fantástica, mas seu papel nas histórias vai além disso. Na África, ao lado do Pantera Negra, Ororo Munroe já foi rainha de Wakanda e considerada uma deusa para seu povo. Na escola de Xavier, ela tem um papel fundamental: ser a diretora e orientadora de mutantes com seus mais diversos problemas. Defensora do convívio pacífico entre humanos e mutantes, Tempestade é de longe uma das maiores referências para mulheres do mundo todo. Um verdadeiro trovão em um mundo de guerra e desigualdade.

Foto: Reprodução / L'Association

7 - Marjane Satrapi
Protagonista da HQ autobiográfica Persépolis, Marjane entra pra nossa lista como uma verdadeira guerreira, que enfrentou uma vida conturbada no Irã e cresceu durante a revolução islâmica. Seus pontos de vista sobre a mulher no seu país são uma janela para nosso mundo, mostrando que há muito mais do que nossa própria realidade. A história de Marjane ganhou o mundo com o lançamento de um filme animado em 2007 e a cada dia mais torna-se uma leitura obrigatória para fãs de quadrinhos.

Foto: Reprodução / HarperCollins

8 - Nimona
Criada pela quadrinista Noelle Stevenson, Nimona é a protagonista de uma HQ de fantasia que mostra seu duro aprendizado como metamorfa. A garota, cujo passado é misterioso, torna-se o centro da disputa entre um vilão e um mocinho com velhas rusgas a resolver. Com o pano de fundo da disputa entre os dois machões, Nimona mostra ao seu parceiro, Lorde Ballister Coração-Negro, que enfrentar seus próprios sentimentos e desejos é o primeiro passo para vencer uma verdadeira guerra.

Foto: Reprodução / Oni Press

9 - Ramona Flowers
Centro da grande batalha da série de quadrinhos Scott Pilgrim contra o Mundo, Ramona é mais do que um alvo amoroso. Com uma postura que parece dizer ao mundo que não precisa de nada e ninguém, a personagem de Bryan Lee O'Malley é pura independência. Ela atravessa portais no subespaço para se locomover (o que resolve bem a vida quando se trabalha na Amazon), muda a cor de seus cabelos toda hora e esconde segredos que a fazem crescer na trama a cada virada de página. Uma espécie de ninja do delivery, Ramona ganhou os corações dos nerds no mundo todo e foi brilhantemente interpretada por Mary Elizabeth Winstead nos cinemas.

Knives Chau
Knives Chau
Foto: Reprodução / Oni Press

Menção honrosa: a maravilhosa Knives Chau, que tinha tudo pra ser uma fracassada na história e não foi, graças ao seu amor próprio.

Foto: Reprodução / Marvel Comics

10 - Kamala Khan, a Ms. Marvel
Não tenho como encerrar a lista sem citá-la. Uma das personagens Marvel mais adoradas nos últimos anos, a jovem representa os leitores: fã do Capitão América, do Wolverine, da Capitã Marvel e de outros heróis, ela ainda é nerd e vive em crise de identidade. A vida dela se torna ainda mais complicada quando ela foge de casa, é atingida por uma Névoa Terrígena emitida por Raio Negro e inconsciente, tem uma visão de seu ídolo, Carol Danvers, a Capitã Marvel. Ao ser questionada sobre o que quer ser na vida, Kamala responde: quero ser você. Dito e feito. Ela ganha poderes e aos poucos aprende a lidar com eles, tornando-se a nova heroína de Jersey City, tornando-se parte de algo cada vez maior.

A dura missão de listar apenas 10 personagens dentre tantas que amamos é algo quase impossível. E isso é um excelente sinal, já que cada vez mais surgem personagens femininas que tem uma vida centrada em si, seus desejos, sonhos e metas, sem serem um par romântico ou a sombra de um homem (motivo pelo qual a famosa Olivia Palito não apareceu na lista).

Deixe nos comentários qual personagem feminina entraria na sua lista, vamos celebrá-las de uma maneira que não está no gibi!

Fique de olho: todos os dias desta semana tem um especial sobre as mulheres aqui no canal Geek!

Geek

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade