PUBLICIDADE

Fim de semana tem Lulu Santos e peça 'Antimadox' entre os destaques

Na Pinacoteca, a mostra 'Ninguém Teria Acreditado: Alvim Corrêa e 10 Artistas Contemporâneos' explora a temática da ficção científica

3 dez 2021 05h10
ver comentários
Publicidade

Música

O pop de Lulu Santos sob a batuta do maestro

A série SulAmérica Sessions chega a seu quinto e último episódio com uma apresentação que reúne o hitmaker Lulu Santos com a Orquestra Ouro Preto, regida pelo maestro Rodrigo Toffolo. Os arranjos são de Paulo Malheiros. O concerto foi gravado na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro.

Para o repertório, Lulu escolheu músicas que entraram para a história do pop brasileiro e que seguem sendo ressignificadas pelas novas gerações. Toda Forma de Amor, Um Certo Alguém, A Cura, entre outras. De sua safra mais recente, o músico escolheu Orgulho e Preconceito, de 2018, e Hit, single que chegou às plataformas musicais em maio deste ano. Agora, elas ganham novos arranjos, conduzidos por Paulo Malheiros.

"Eu exercito essa obra o tempo todo. Estou sempre mexendo com as tonalidades, com os arranjos, buscando a essência das canções. Então elas se renovam para mim e também para o público", disse Lulu ao Estadão.

O cantor também fala sobre o casamento perfeito de suas composições com o som da orquestra. "A minha música é romântica e as cordas têm um romantismo inerente. O que é que toca no cinema quando esquenta o romance? Solo de cordas, sobe o violino. E tem uma emoção que vem junto com esse luxo das cordas."

Ao longo da temporada, o projeto exibiu apresentações de Alceu Valença, Diogo Nogueira, Ana Carolina e Fernanda Takai. Os vídeos estão disponíveis no canal do YouTube da Orquestra Ouro Preto. Sáb. (4), 20h30. Gratuito. Assista:

Tiê e Otto

O Studio SP reabriu na Rua Augusta e, desde então, abriga shows disputados. Hoje (3), às 22h, a atração é a cantora Tiê, que celebra 15 anos de carreira. Sábado (4), às 23h, quem sobe ao palco é o cantor e compositor Otto. R. Augusta, 591, Consolação. R$ 40. bit.ly/showtieeotto.

Eliana Pittman, do samba ao carimbó

A cantora carioca Eliana Pittman apresenta o show Do Samba ao Carimbó, com um repertório que inclui músicas de Paulinho da Viola, Candeia, Cartola e uma seleção de sambas da Portela, além do carimbó, ritmo que a consagrou nos anos 1960. Hoje (3), 19h. Centro Cultural São Paulo. Sala Adoniran Barbosa. R. Vergueiro, 1.000, Metrô Vergueiro. Gratuito (retirar ingresso 1 h antes).

'Deu Pra Ti'

A dupla gaúcha Kleiton e Kledir é uma das atrações da #ViradaSPOnline que será transmitida no sábado (4), com shows gravados no palco do Teatro Sérgio Cardoso. Os músicos cantarão, às 20h15, seus grandes sucessos de carreira, entre eles, Deu Pra Ti e Maria Fumaça. Antes, às 15h30, a apresentação será da cantora Vanessa Moreno e do violonista Romero Lubambo.Sáb. (4), a partir das 12h. Gratuito. bit.ly/showdokleitonekledir

Concerto da amizade

A cantora Elba Ramalho e o Padre Fábio de Melo apresentam o show Concerto da Amizade, no qual interpretam clássicos da MPB e músicas do repertório da cantora, além de prestarem uma homenagem a Luiz Gonzaga. Eles estarão acompanhados da Orquestra Sinfônica Villa-Lobos, composta por 43 instrumentistas, sob regência do maestro Adriano Machado. Dom. (5), 19h30. Espaço das Américas. R. Tagipuru, 795, Barra Funda. R$ 100/R$ 380. bit.ly/showelbaefabio

A hora de sonhar

O cantor e compositor Paulinho da Viola faz o lançamento do álbum Sempre Se Pode Sonhar, gravado ao vivo em 2006 e lançado apenas no ano passado, em apresentação no Tom Brasil. O show deve seguir o roteiro do disco, que traz sambas como Coração Leviano, Timoneiro, Dança da Solidão e Onde a Dor Não Tem Razão - todos clássicos. Sáb. (4), 22h. Tom Brasil. R. Bragança Paulista, 1.281, Chácara Santo Antônio. R$ 120/R$ 260. bit.ly/showdopaulinho

Finalmente no palco

O músico e compositor carioca Marcos Valle lançou Cinzento em março de 2020 e, por conta da suspensão dos shows durante o isolamento causado pela pandemia, não pôde apresentá-lo ao vivo à época. Agora, ele faz a estreia da turnê. Dois de seus parceiros nas novas composições que integram o álbum, Bem Gil e Moreno Veloso, participam das apresentações, que contarão também com a banda de Valle. Hoje (3) e sáb. (4), 21h. Sesc Pompeia. R. Clélia, 93, Pompeia. R$ 20/R$ 40. bit.ly/showmarcosvalle

Ópera italiana

Em montagem inédita, a ópera O Senhor Bruschino, do compositor italiano Gioachino Rossini, encerra a temporada lírica deste ano do Theatro São Pedro. Com direção musical de Cláudio Cruz, que vai comandar a Orquestra do Theatro São Pedro, a obra causou estranheza quando estreou em 1813: o autor pediu que os segundos-violinos batessem com os arcos nas estantes das partituras, quebrando o estereótipo de uma ópera italiana. Estreia hoje (3). 4ª a sáb., 20h; dom., 17h. R. Barra Funda, 171. R$ 20/R$ 80. Até 12/12. bit.ly/operabruschino

Fabiana Cozza canta Dona Ivone Lara

A cantora Fabiana Cozza homenageia Dona Ivone Lara. A base do show é o CD Canto da Noite na Boca do Vento, que Fabiana gravou só com composições de Dona Ivone e seus parceiros. Hoje (3), 21h; sáb. (4), 20h. Sesc Santo André. Rua Tamarutaca, 302, Vila Guiomar. R$ 20/R$ 40. bit.ly/showfabianacozza

Instrumental brasileiro

O Grupo Pau Brasil, formado pelos músicos Nelson Ayres, Rodolfo Stroeter, Paulo Bellinati, Teco Cardoso e Ricardo Mosca, apresenta show em que mostram sonoridade muito particular, que une o primitivo e o contemporâneo, com instrumentais repletos de improviso. Hoje (3) e sáb. (4), 22h. Casa de Francisca. R. Quintino Bocaiúva, 22, Sé. R$ 80. bit.ly/showgrupopaubrasil

Homenagem

A atriz e cantora Virgínia Rosa presta tributo à cantora Clara Nunes, uma das vozes mais importantes do samba. Entre as músicas que ela escolheu, estão os sucessos O Mar Serenou, Canto das Três Raças e Iansã. Hoje (3) e sáb. (4), 20h. Sesc Ipiranga. Rua Bom Pastor, 822, Ipiranga.R$ 20/R$ 40.bit.ly/3G89dPs

Mozart

Sob regência de seu diretor musical e regente titular, Thierry Fischer, a Osesp executa as Sinfonias nos. 39, 40 e 41 de Mozart, as últimas do gênero escritas pelo compositor austríaco. Hoje (3), 20h; sáb. (4), 16h30. Sala São Paulo. Pça. Júlio Prestes, 16, Campos Elíseos. R$ 30/R$ 120. bit.ly/concertomozart

Rock e blues

O Samsung Best of Blues and Rock apresenta dois shows pré-gravados nas quais artistas brasileiros homenageiam dois dos gêneros musicais mais celebrados pelos amantes de música. Hoje (3), a jovem cantora baiana Cacá Magalhães homenageia a diva Aretha Franklin, às 18h. Em seguida, às 20h, Di Ferrero faz tributo a Foo Fighters e Andreas Kisser vai de Deep Purple. No domingo (5), a banda Francisco, El Hombre homenageia o guitarrista mexicano Carlos Santana enquanto Vitor Kley toca Oasis bit.ly/livevitorkleyoasis. Eles estarão acompanhados pela Brasil Jazz Sinfônica. Grátis.

Homenagem a Sivuca

O Rio Marketing Music, evento promovido pela Associação Brasileira de Música Independente para debater questões do mercado da música, começa no próximo dia 6 de dezembro com um tributo ao músico Sivuca, com participação dos cantores Mariana Aydar e Pedro Miranda, às 20h. A programação ainda inclui shows de João Fênix, Fausto Fawcett e Zé Paulo Becker. Grátis para quem assistir pela web bit.ly/liveriomarketing.

Teatro

Verdades abaladas por um forasteiro

A peça Antimadox, adaptação dos diretores Louise Belmonte e Rodrigo Pocidônio a partir da obra original do dramaturgo romeno Matei Visniec, conta a história de três moradores de uma cidade à beira-mar que têm suas verdades abaladas com a chegada do forasteiro Madox, uma figura misteriosa que parece ter o poder de estar em vários lugares ao mesmo tempo. O espetáculo é o primeiro de uma trilogia que seguirá com adaptações de O Inimigo do Povo, de Henrik Ibsen, e de O Processo, de Franz Kafka. No elenco estão Beto Amorim, Matteo Bonfitto e Suia Legaspe. Estreia hoje (3). 6ª e sáb., 21h; dom., 19h. Espaço Parlapatões. Praça Roosevelt, 158, centro. R$ 20. Até 23/1/22. bit.ly/pecaantimadox

Leitura online

As atrizes Helena Ranaldi e Maria Fernanda Cândido realizam, em sessão única, no projeto Ensaios de Fruição do Itaú Cultural, a leitura online de Que os Mortos Enterrem seus Mortos, texto de Samir Yazbek e direção de Marcelo Lazzaratto. A peça conta a história de uma filha que parte para o Líbano e lá recebe a visita da mãe já morta. 4ª (8), 20h. Via Zoom. Gratuito. Ingressos em bit.ly/pecaqueosmortos

Três textos

O videoteatro Relações Indóceis, Três Textos Curtos reúne histórias escritas para o projeto por três autoras da nova geração, encenadas pelas atrizes Angela Figueiredo e Fernanda Cunha. São elas: Michele Ferreira, com Não Pare, Não Corra, Não Grite, Não Morra; Vana Medeiros com Mãe Só Tem Uma; e Angela Ribeiro com Bainha. Estreia hoje (3). Diariamente, 20h. Gratuito. bit.ly/pecarelacoesindoceis

'No Meio do Caminho

A peça online No Meio do Caminho, texto inédito da escritora Luh Maza, discute o espaço da mulher na sociedade e como seus corpos e mentes são afetados a partir de uma história que começa quando duas mulheres desconhecidas e solitárias estão trancadas dentro de um ônibus quebrado. 5ª (9), 6ª (10) e Sáb. (11), 20h; dom. (12), 19h. Gratuito. Reservar ingressos em bit.ly/pecanomeiodocaminho

Cênico e musical

O show cênico-musical O Pessoa nas Pessoas traz o universo do poeta Fernando Pessoa para interpretações musicais, com Mônica Salmaso e Lívia Nestrovsky, os músicos Swami Jr. e Pedro Lima, além da participação presencial do ator Fernando Eiras e em vídeo da atriz Mariana Lima. Sesc 24 de Maio. Rua 24 de Maio, 109, República. 10/12, 20h, e 11/12, 18h. R$ 20; ingressos em bit.ly/sescpessoa

Exposições

Conteúdo do mostra 'Ninguém Teria Acreditado: Alvim Corrêa e 10 Artistas Contemporâneos'
Conteúdo do mostra 'Ninguém Teria Acreditado: Alvim Corrêa e 10 Artistas Contemporâneos'
Foto: ALVIM CORRÊA/REPRODUÇÃO ISABELA MATHEUS / Estadão

Contatos imediatos na Pinacoteca

A mostra Ninguém Teria Acreditado: Alvim Corrêa e 10 Artistas Contemporâneos explora a temática da ficção científica. Entre elas, a da invasão alienígena, exibindo ilustrações como as feitas por Corrêa - artista brasileiro que ficou conhecido por ilustrar o livro A Guerra dos Mundos, de Herbert George Wells, um clássico do assunto. Além disso, outros trabalhos (serão 43 no total), de nomes como Cabelo, Ilê Sartuzi e Luiz Roque, exploram temas como colonialismo, guerra, preconceito e desejo. A curadoria é de Fernanda Pitta e Laurens Dhaenens.

Inauguração sáb. (4). 4ª a 2ª, 10h/18h. Pinacoteca. Praça da Luz, 2, Luz. R$ 22 (gratuito aos sábados). Até 11/4/22. pinacoteca.byinti.com/#/ticket/

Coletiva

A exposição coletiva 1.ª Coleção reúne obras de 11 artistas com diferentes narrativas que mostram o colecionismo como prática saudável e uma forma de preservar a história por meio de objetos. Entre os artistas que participaram estão Clara de Cápua, Daniel Mello, Gabriel Almeida, Gabriel Pessoto, Liliana Alves e Sueli Espicalquis.

Inauguração sábado: (4). 4ª a sáb., 13h/18h. Anexo Lona. R. São Bento, 181, 1º andar, centro. Gratuito. Agendamento: (11) 99403-0023. Até 15/1/22.

Grafite

Vinte jovens aprendizes das Fábricas de Cultura finalizarão dois grandes painéis instalados em frente aos tapumes da Casa das Rosas, que está sendo restaurada. Dom. (5), 10h/15h. Av. Paulista, 37, Metrô Brigadeiro. Gratuito.

Reta final

A 34.ª Bienal de São Paulo - Faz Escuro mas Eu Canto vai até domingo (5). Sábado (4), às 16h, a série Conversações recebe o escritor, ambientalista e líder indígena Kaká Werá. Parque do Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, V. Mariana, Gratuito.

Estadão
Publicidade
Publicidade