PUBLICIDADE

"Só vai mudar quando as mulheres estiverem no controle": Cidade de Deus - A Série procura continuar o legado do filme que transformou o cinema brasileiro

A produção chegará à HBO Max em 2024.

2 dez 2023 - 19h29
Compartilhar
Exibir comentários

Com duas décadas de existência e uma trajetória intocável no audiovisual brasileiro, Cidade de Deus está prestes a ganhar um spin-off pela HBO Max. Oficializada em novembro do ano passado, a trama, agora, será apresentada em formato de série - e ganhou novidades neste sábado (2), diretamente do Palco Thunder da CCXP 2023.

Foto: HBO Max / Adoro Cinema

No evento - que contou com presença do AdoroCInema -, o diretor Aly Muritiba e os atores Alexandre Rodrigues, Roberta Rodrigues e Andreia Horta subiram ao palco para falar sobre a nova produção, debatendo a responsabilidade de dar continuidade a uma narrativa que mudou a história do cinema nacional.

"Quando me convidaram para dirigir e assumir o legado, sabia que era um grande desafio, mas veio uma história de potência, comunidade, de moradores da comunidade se juntando não pra correr, mas para resistir [...] então, me juntei a esse time para contar essa história de resistência e existência em Cidade de Deus [a série]", colocou Muritiba.

Em seguida, Rodrigues aproveitou para falar um pouco sobre o enredo do show, dando ênfase ao protagonismo feminino que poderá ser visto:

"As mulheres faziam parte da virada de diversos personagens homens. 20 anos depois, a gente tá decidindo o nosso próprio rumo (...) O mundo só vai mudar de verdade quando as mulheres estiverem no controle."

Durante o espetáculo, ainda foi compartilhada com o público uma prévia exclusiva da série. Confira abaixo a descrição feita pelo repórter do AdoroCinema, Diego Souza Car…

Leia o artigo em AdoroCinema

Nem Central do Brasil, nem Cidade de Deus: O filme de maior bilheteria do cinema brasileiro faz parte de uma trilogia

Equipe da série de Cidade de Deus afirma ter sido agredida por policiais militares; entenda o que aconteceu

Cidade de Deus, Ó Paí Ó, O Auto da Compadecida e outros clássicos do cinema brasileiro que vão ganhar continuação

"Recusei muitos trabalhos após Cidade de Deus": Ambientada na favela da Maré, Amar é Para os Fortes é o mais novo trabalho da diretora Kátia Lund (Entrevista Exclusiva)

Adoro Cinema
Compartilhar
Publicidade
Publicidade