PUBLICIDADE
AO VIVO
Estreia do 'Paris É Delas' debate presença feminina nos Jogos Olímpicos 2024

'Bebê Rena': o que é verdade e o que é ficção na nova série de sucesso da Netflix

A obra conta a história de Donny Dunn, alvo de abuso e perseguição

29 abr 2024 - 19h04
(atualizado em 2/5/2024 às 14h37)
Compartilhar
Exibir comentários
'Bebê Rena', da Netflix: minissérie inspirada em caso real de perseguição.
'Bebê Rena', da Netflix: minissérie inspirada em caso real de perseguição.
Foto: Divulgação/Netflix / Estadão

Bebê Rena chegou ao catálogo da Netflix no dia 11 de abril e desde então se tornou um sucesso entre os assinantes da plataforma. A obra conta a história de Donny Dunn, envolvendo abuso e perseguição.

Recentemente, internautas descobriram que a trama aconteceu de verdade com Richard Gadd, protagonista e criador do seriado. Na série, o comediante é gentil com uma mulher vulnerável, despertando uma obsessão sufocante que coloca a vida dos dois em risco.

Apesar de abordar eventos reais, alguns eventos dos episódios são pura ficção.

Confira o que de fato aconteceu com Richard Gadd

Bebê Rena: por trás do sucesso da minissérie:

O ator foi perseguido por quatro anos, nos quais recebeu 41.071 e-mails, 350 horas de mensagens de voz, 744 tuítes, 46 mensagens no Facebook, 106 páginas de cartas e inúmeros presentes.

A perseguição começou, de fato, após ele oferecer uma xícara de chá para a mulher. De acordo com Gadd, isso aconteceu em 2015. Ele trabalhava em um bar em Londres e ofereceu a bebida para a cliente e os dois começaram a conversar. Após esse encontro, a perseguição começou.

Em entrevista ao The Times, Richard alegou que no início, seus colegas de trabalho acharam que ele tinha uma admiradora. "Então, ela começou a invadir minha vida, me seguindo, aparecendo nos meus shows, esperando do lado de fora da minha casa".

Ele também alegou, em conversa com o jornal The Guardian, que não a polícia não acreditou nele em sua primeira denúncia.

Assim como na série, o comediante foi abusado sexualmente por um homem. Em 2016, durante sua peça Monkey See, Monkey Doo, ele falou sobre o ocorrido.

Confira o trailer da série

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade