PUBLICIDADE

Elon Musk ameaçou estúdio para manter Amber Heard em 'Aquaman', diz revista

O bilionário teria pedido que um de seus advogados mandasse uma carta ameaçadora à Warner Bros. em meio a possibilidade da sua então namorada ser demitida

10 out 2023 - 23h36
(atualizado em 11/10/2023 às 07h47)
Compartilhar
Exibir comentários
A experiência de Amber Heard em Aquaman 2 parece ter sido complicada (Imagem: Reprodução/Warner Bros)
A experiência de Amber Heard em Aquaman 2 parece ter sido complicada (Imagem: Reprodução/Warner Bros)
Foto: Canaltech

Elon Musk teria intervido para manter Amber Heard na sequência do filme Aquaman.De acordo com a Variety, o bilionário pediu para que um dos seus advogados escrevesse uma "carta ameaçadora" para a Warner Bros., argumentando que tomaria "medidas drásticas" caso o estúdio decidisse demitir a sua então namorada.

Após o lançamento do primeiro filme da franquia, em 2018, o diretor James Wun e o estúdio consideraram demitir Amber por sua suposta "falta de química" com o ator Jason Momoa - Amber interpreta Mera, o seu interesse amoroso.

A questão chegou a ser levada para o advogado da atriz, Karl Austen. Nesse mesmo período, Johnny Depp e Amber Heard se enfrentaram em julgamento no processo de difamação do ator contra a sua ex-mulher. E, por isso, um dos executivos da DC testemunhou durante o julgamento negando que a demissão da atriz teria alguma relação com o caso.

Por fim, Amber Heard foi mantida na sequência do filme, Aquaman 2: O Reino Perdido. Segundo a Variety, representantes de Elon Musk e de Amber Heard foram procurados para comentar o assunto, mas não responderam até o momento.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade