PUBLICIDADE

'Napoleão': Ridley Scott rebate crítica ácida sobre seu filme

O filme já está em cartaz nos cinemas.

23 nov 2023 - 00h20
(atualizado às 00h21)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Divulgação / Divulgação

Após Napoleão sair dos braços de Ridley Scott e ir para o mundo, parece que o diretor não anda agradando muito os franceses. Levando para os cinemas a história de uma das maiores figuras da história da França, o filme, que não tem o intuito de ser uma cinebiografia, vem recendo comentários ácidos sobre a veracidade dos fatos.

Um desses comentários, foi do biógrafo francês Patrice Gueniffey, que afirmou que Scott estava tentando recontar a história de um jeito anti-francês e privilegiando os britânicos.

Com a resposta na ponta da língua, o diretor afirmou que “os franceses não gostam nem deles mesmos" e que "o público, que assistiu ao filme em Paris, adorou". 

"Tenho uma preferência por dramas históricos, porque a realidade é muito interessante", comenta Ridley Scott. "A jornada napoleônica é o início da história moderna. Ele mudou o mundo e escreveu um novo livro de regras”. 

Na trama, o épico de ação que detalha a ascensão e queda do icônico Imperador francês Napoleão Bonaparte, interpretado pelo ganhador do Oscar, Joaquin Phoenix. Com a direção arrebatadora do lendário Ridley Scott, o filme captura a incansável jornada de Bonaparte pelo poder, a partir de sua relação viciante e volátil com seu verdadeiro amor, Josephine, mostrando suas táticas militares e políticas visionárias em algumas das mais dinâmicas sequências de batalhas já filmadas.

Vic View Paulista, formada em jornalismo e cinema, sempre foi apaixonada por filmes e séries. Aos poucos, começou a escrever suas primeiras críticas e percebeu que poderia transformar o universo da Cultura Pop em sua profissão.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade