PUBLICIDADE

Alec Baldwin declara-se inocente de homicídio culposo no set de 'Rust'

Acidente matou a diretora de fotografia Halyna Hutchins em 2021.

24 fev 2023 - 00h08
(atualizado às 12h06)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Jason Szenes/EFE/EPA

O ator Alec Baldwin declarou-se inocente na quinta-feira (23) da acusação de homicídio culposo decorrente do tiro fatal disparado nos bastidores do filme 'Rust', no Novo México, segundo documentos judiciais.

Baldwin fez a declaração enquanto exercia seu direito de abrir mão de uma primeira audiência no tribunal marcada para esta sexta-feira (24), de acordo com o processo da corte.

Em janeiro, a promotora do Primeiro Distrito Judicial de Novo México, Mary Carmack-Altwies, apresentou contra Baldwin e a responsável pelas armas no set do filme, Hannah Gutierrez-Reed, duas acusações de homicídio culposo pela morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins em 2021.

Os promotores amenizaram as acusações contra Gutierrez-Reed e Baldwin na semana passada, diminuindo o possível tempo de prisão para o ator que disparou um projétil durante um ensaio, matando Hutchins e ferindo o diretor Joel Souza.

A defesa de Baldwin argumenta que ele havia sido acusado retroativamente, a partir de uma lei sobre armas de fogo do Novo México aprovada após o disparo ocorrido em 21 de outubro de 2021.

Gutierrez-Reed fará sua primeira aparição no tribunal na sexta-feira por videoconferência, disse seu advogado Jason Bowles.

O primeiro diretor assistente Dave Halls também se declarou inocente em um documento judicial na quinta-feira (23), no qual renuncia a uma primeira audiência no tribunal em 24 de fevereiro.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade