PUBLICIDADE

"Doutor Estranho 2" é vetado na Arábia Saudita por uma frase

25 abr 2022 19h05
ver comentários
Publicidade
Foto: Divulgação/Marvel / Pipoca Moderna

A notícia de que "Doutor Estranho no Multiverso da Loucura" havia sido proibido na Arábia Saudita não foi confirmada oficialmente pelo governo do país. Apesar da empresa AMC Cinemas afirmar que tirou o filme de sua programação por pedido das autoridades árabes, o supervisor responsável pela classificação etária dos filmes na Arábia Saudita afirmou para a AFP que negocia a liberação.

Nawaf Alsabhan informou ter pedido para a Disney eliminar as "referências LGBTQ+" do filme, mas até o momento o estúdio se negou a editar "cerca de 12 segundos" em que uma personagem lésbica, America Chavez, fala sobre suas "duas mães".

"É apenas ela falando de suãs mães, porque tem duas, mas no Oriente Médio é muito difícil passar algo assim", disse Alsabhan à agência de notícias.

"Enviamos a solicitação para a distribuidora e a distribuidora nos encaminhou para a Disney, mas a Disney não está disposta" a realizar as mudanças propostas, acrescentou Alsabhan, que afirma esperar a confirmação do corte para garantir a exibição.

"Não foi proibido. Nunca será proibido. Não há motivos. É apenas uma simples edição […] até agora se negaram mas não fechamos a porta, seguimos tentando", disse o representante sobre a retirada da referência LGBTQIA+.

A Disney sempre aceitou aceitou esse tipo de imposição. Até um beijo de poucos segundos entre duas personagens secundárias femininas de "Star Wars: A Ascensão Skywalker" foi censurada para a exibição do filme em países muçulmanos.

A Arábia Saudita possui um sistema Judiciário regido pela aplicação estrita da lei islâmica, na qual a homossexualidade pode ser punida até com a pena de morte.

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Publicidade
Publicidade