0

Ridley Scott afirma que o próximo grande inimigo da franquia Alien pode ser uma inteligência artificial

Mas e quanto aos... aliens?

5 dez 2017
14h00
  • separator
  • comentários

Esqueça os alienígenas da franquia Alien: no próximo longa da saga, o antagonista pode ser uma inteligência artificial. É nesta possibilidade de futuro que Ridley Scott, diretor e idealizador do universo, vem trabalhando: " Nós faremos mais um filme, sim [...] Acho que o que precisamos fazer é nos distanciarmos, gradualmente, do elemento alien ", declarou o cineasta, em entrevista à Entertainment Weekly .

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

Scott, que conversou com a prestigiada revista no set de Todo o Dinheiro do Mundo, aprofundou seu desejo de remodelar a franquia: " As pessoas dizem, 'Você precisa de mais aliens, mais puxadas de rostos, mais explosões de corpos', e eu coloquei tudo isso em Alien: Covenant e esses elementos se encaixaram muito bem. Mas acho que se você retorna, precisa encontrar uma solução que é mais interessante. Acho que a inteligência artificial está se tornando mais perigosa e, portanto, mais interessante ".

De fato, como o próprio realizador lembrou durante a entrevista, alguns dos personagens mais icônicos de seus longas são, na verdade, inteligências artificiais: "Michael Fassbender era uma [os gêmeos David e Walter em Covenant ]. Ian Holm, em Alien , também; assim como Roy Batty e Rachael [ambos de Blade Runner, o Caçador de Andróides, interpretados por Rutger Hauer e Sean Young, respectivamente]".

E aí, o que você acha da alteração? As inteligências artificiais sempre foram grandes antagonistas no universo Alien - muito por causa das interpretações de atores como Fassbender e Holm, é claro -; por outro lado, tirar os xenomorfos da equação poderia abalar a essência da saga. Bem, enquanto nada é resolvido nesse quesito, Scott segue concentrado no lançamento de Todo o Dinheiro do Mundo . Agora com Christopher Plummer no lugar do removido Kevin Spacey - retirado da produção, já finalizada, por causa do escândalo de assédios sexuais -, o longa chega às telonas brasileiras no dia 25 de janeiro.

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade