1 evento ao vivo

Emmy 2018: Surpresas e esnobados da lista de indicações

Chegou a hora de reclamar!

12 jul 2018
14h06
atualizado às 15h30
  • separator
  • comentários

A lista mais aguardada, mais polêmica e mais querida e odiada entre os espectadores de séries de TV está no ar. A Academia de Artes e Ciências Televisivas divulgou os indicados ao 70º Emmy Awards, e enquanto você pode conferir a lista completa aqui, também pontuamos as maiores surpresas — positivas e negativas.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

Esnobadas


The Good Place: A comédia da NBC produzida por Mike Schur e protagonizada por Kristen Bell mais uma vez ficou de fora da premiação mais badalada da TV, apesar do favoritismo da crítica. A série recebeu duas indicações nas categorias de atuação (para Ted Danson e Maya Rudolph como atriz convidada), mas ficou de fora das categorias principais.

Insecure: A série da HBO produzida e protagonizada por Issa Rae foi indicada fotografia e melhor atriz, mas ficou de fora da categoria de melhor comédia. Uma pena, sobretudo dada a excelência da segunda temporada.

One Day at a Time: Para não dizer que a série foi completamente esnobada, a ótima comédia da Netflix recebeu uma indicação em montagem.

Better Things: A série do canal FX recebeu uma indicação para sua protagonista (e criadora) Pamela Adlon, mas parou por aí, uma esnobada completa em roteiro e direção.

Dear White People: Apesar de ser uma franca querida do público e da crítica, Dear White People ficou completamente de fora das indicações.

Killing Eve: Ótima surpresa do ano, a série Killing Eve recebeu lá suas duas indicações, para Sandra Oh como melhor atriz (drama) e em melhor roteiro. No entanto, a quantidade de elogios que ela veio ganhando ao longo dos últimos meses pedia que houvesse sido lembrada também em outras categorias maiores.

Twin Peaks: O Retorno: Não que tenha sido completamente esquecida. A terceira temporada de Twin Peaks levou 9 indicações em categorias técnicas, contando direção e roteiro em série limitada. Entretanto, dada a sua natural relevância, é no mínimo estranho que não tenha sido nomeada em 'melhor série limitada'. E olha que a lista de indicados na categoria não está tão incrível assim.

Jodie Comer: Grande parte dos elogios recebidos por Killing Eve têm destino certo. Comer interpreta a antagonista Villanelle, e a transforma em uma personagem perturbadora e carismática. A sua ausência entre as indicadas a melhor coadjuvante é uma grande falta.

Kyle MacLachlan: O astro da terceira temporada de Twin Peaks, Kyle MacLachlan não interpretou apenas um, mas três personagens em O Retorno. Icônico como sempre, a sua não indicação é uma surpresa muito negativa. 

Emilia Clarke: A HBO decidiu indicar a Daenerys Targaryen de Game of Thrones como atriz principal da sétima temporada. A estratégia não deu certo, e ela acabou caindo para a concorrência.

Kit Harington: O mesmo aconteceu com o nosso Jon Snow. O merecimento aqui é questionável, mas mesmo assim, a ausência acaba sendo uma surpresa.

Al Pacino: Protagonista do telefilme Paterno, a sua indicação era algo quase certo entre os apostadores. Infelizmente, apostamos errado.

D'Arcy Carden: A Janet de The Good Place muitas vezes é o ar principal dos episódios. O mérito da atriz aqui é transformar uma personagem que é literalmente mecânica em um ponto cômico e muito orgânico. Pela segunda vez, ela ficou de fora das indicadas.

Mandy Moore: This Is Us recebeu oito indicações, incluindo quatro de atuações. Mas a intérprete de Rebecca Pearson, que deu um show na segunda temporada, não está na lista. Quem sabe no próximo ano.

Alison Brie: GLOW recebeu dez indicações, inclusive uma para Betty Gilpin, mas Alison Brie foi excluída. Estrela da série, ela demonstra aqui toda a sua flexibilidade dramática e cômica, em um papel totalmente distinto do que fez anteriormente em Mad Men ou Community. Merecia.

Brendan Fraser: ABSURDO! Brendan Fraser é uma das melhores partes de Trust, não apenas pela quebra da quarta parede ou pelo seu incrível chapéu. O retorno do astro às telas foi memorável para o público, mas pelo jeito, não para a Academia.

SURPRESAS

Veteranas e figura repetidas de anos anteriores, Modern Family, How to Get Away With Murder, Ray Donovan e Liev Schreiber ficaram de fora. Outra que foi completamente esquecida foi Roseanne, provavelmente em virtude da polêmica racista envolvendo Roseanne Barr.

O que você achou da lista em geral?

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade