1 evento ao vivo

Quadro de Klimt volta para museu na Itália após quase 24 anos

"Retrato de uma senhora" havia sido roubado em 1997

28 nov 2020
12h14
atualizado às 12h56
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Após quase 24 anos de ausência, o quadro "Retrato de uma Senhora", do pintor austríaco Gustav Klimt (1862-1918), retornou para a Galeria de Arte Moderna Ricci Oddi, em Piacenza, norte da Itália.

'Retrato de uma Senhora', de Gustav Klimt
'Retrato de uma Senhora', de Gustav Klimt
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

A tela havia sido roubada em janeiro de 1997 e foi encontrada em dezembro passado, escondida em um vão externo do mesmo museu. Até hoje o paradeiro do quadro durante esses anos segue sendo um mistério.

Como os museus italianos estão fechados por causa da pandemia do novo coronavírus, o quadro ainda não está exposto ao público, mas sua volta à galeria de Piacenza foi transmitida ao vivo por streaming.

"O retorno do 'Retrato de uma Senhora', de Gustav Klimt, à Galeria de Arte Moderna Ricci Oddi é um momento muito importante porque essa obra-prima representa uma parte da identidade de Piacenza", disse o presidente do museu, Massimo Ferrari.

Dois italianos com longa ficha corrida disseram ser os responsáveis pelo roubo, mas apenas em entrevistas à imprensa, valendo-se do direito de ficar calados perante a Justiça. A tela de Klimt foi colocada em uma sala central da galeria e está protegida por uma barreira de vidro.  

Veja também:

O chef premiado que valoriza peixes considerados menos nobres
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade