Os 10 livros de dança mais vendidos no Brasil

Best-sellers trazem um pouco de tudo: da evolução da arte da dança a diferentes métodos de ensino

28 mai 2015
09h00
atualizado às 11h47
  • separator
  • 0
  • comentários

O primeiro da lista, segundo a Livraria Cultura, é “Outros contos do balé”, de Inês Bogéa ( Ed. Cosac Naify, 88 págs., R$54), que apresenta cinco histórias do balé clássico (“A Sílfide”, “O Corsário”, “La Bayàdere”, “O Quebra Nozes” e “O Pássaro de Fogo”), além de trazer um breve histórico de companhias famosas e dos profissionais que fazem o espetáculo acontecer. O livro é ilustrado com fotos de célebres bailarinos, como Nureyev, Nijinsky e Ana Botafogo, em ação.

Segundo a Livraria Cultura “Outros contos do balé”, de Inês Bogéa, é o livro mais vendido no Brasil
Segundo a Livraria Cultura “Outros contos do balé”, de Inês Bogéa, é o livro mais vendido no Brasil
Foto: Livraria Cultura / Divulgação

Na sequência, o vice-campeão de vendas é “Condicionamento físico para dança”, de Erik Franklin (Ed. Manole, 248 págs., R$82). Como o nome sugere, o objetivo da publicação é o aperfeiçoamento da técnica e do desempenho em todos os estilos de dança, por meio do condicionamento físico. Leitura obrigatória para quem já é -- ou quer virar -- profissional. 

E o terceiro lugar vai para “A dança”, do bailarino e coreógrafo Klauss Vianna (Ed. Summus, 160 págs., R$47,20). O livro é resultado de um trabalho de observação, estudo e reflexão sobre as possibilidades e implicações do movimento. 

Veja na galeria abaixo a relação completa dos livros de dança mais vendidos do Brasil.

 

Fonte: Cross Content
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade