0

'Abaporu' volta a SP para exposição de Tarsila do Amaral

Quadro foi emprestado para o Masp, que inaugura mostra com importantes obras da carreira da artista

1 abr 2019
11h22
atualizado às 11h38
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Abaporu, o mais famoso e valioso quadro de Tarsila do Amaral (1886-1973), volta a São Paulo, dessa vez emprestado para a exposição Tarsila Popular, aberta ao público na próxima sexta-feira, 5, no Masp.

Visitantes observam o quadro 'Abaporu' (1928), da artista plástica paulista Tarsila do Amaral (1886-1973), durante a exposição 'Tarsila Viajante', na Pinacoteca do Estado de São Paulo, região central da capital paulista.
Visitantes observam o quadro 'Abaporu' (1928), da artista plástica paulista Tarsila do Amaral (1886-1973), durante a exposição 'Tarsila Viajante', na Pinacoteca do Estado de São Paulo, região central da capital paulista.
Foto: PAULO LIEBERT / Estadão Conteúdo

A obra, que pertence ao Malba (Museu de Arte Latino-americano de Buenos Aires), esteve na capital paulista pela última vez em 2008, durante uma mostra especial da Pinacoteca.

Com curadoria de Adriano Pedrosa e Fernando Oliva, Tarsila Popular reunirá cerca de 120 trabalhos da artista, que teve importância central no movimento modernista brasileiro enquanto uma das responsáveis pela Semana de Arte Moderna de 1922.

A exposição faz parte do ciclo Histórias das mulheres, histórias feministas, eixo temático do Masp em 2019, que, além de exposições, trará, ao longo do ano, filmes, workshops e palestas.

Nesse contexto, no mesmo dia 5, o museu abre mostra sobre Lina Bo Bardi, arquiteta ítalo-brasileira que projetou, entre outros, o edifício da instituição.

Além de Abaporu, estarão expostos outros quadros marcantes da carreira de Tarsila, como A Cuca, Operários e Manacá.

Exposição Tarsila Popular

Masp - Avenida Paulista, 1578

Quartas-feiras a domingos, das 10h às 17h30; terças-feiras, das 10h às 19h30.

De 5 de abril a 23 de junho de 2019

Ingressos saem a R$40; a meia-entrada, sai a R$20. Grátis às terças.

Veja também:

 

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade