PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

9 Pessoas pretas do sul que você precisa conhecer

9 nov 2023 - 09h10
Compartilhar
Exibir comentários

Ser preto ou afrodescendente no sul do Brasil carrega consigo uma complexidade única, permeada por uma história rica, desafios e uma realidade social multifacetada. Em uma região conhecida por sua forte imigração européia, a presença e a contribuição da comunidade preta muitas vezes foram subestimadas ou até mesmo negligenciadas.

Apesar de não ser tão visível quanto em outras regiões do Brasil, a presença afrodescendente é significativa e diversa, enriquecendo a cultura e influenciando áreas como a música, a culinária e as tradições locais. Ser preto no sul do país implica, muitas vezes, enfrentar desafios em relação à representatividade, acesso a oportunidades e combate ao preconceito enraizado. No entanto, a resiliência e a determinação da comunidade preta do sul são notáveis.

Há um movimento crescente de afirmação da identidade, promoção da igualdade e celebração da herança cultural. As vozes, os feitos e a presença dos pretos na região representam uma força vital e inspiradora, desafiando estereótipos e contribuindo para a construção de uma sociedade mais inclusiva e justa.

Nesta lista, destacamos 9 personalidades pretas que, com talento e determinação, influenciaram não apenas a região, mas também o panorama nacional. Do ativismo político à arte, passando por esporte, comédia e além, esses indivíduos brilhantes são exemplos inspiradores de resiliência, excelência e liderança. Conheça e celebre essas figuras notáveis que ajudaram a moldar e enriquecer a herança preta cultural, esportiva e intelectual do sul do Brasil.

Carol Dartora (@caroldartora13)

De Curitiba, Paraná, Ana Carolina Moura Melo Dartora exerce mandato de deputada federal pelo Paraná, filiada ao PT e fez história ao tornar-se a primeira mulher negra eleita à Câmara Municipal de Curitiba, e também a primeira mulher negra deputada federal do Paraná. Carol Dartora é graduada em História pela UERJ, é especialista em Filosofia pela UFSCar, mestre em Educação pela UFPR e doutoranda em Tecnologia e Sociedade pela UTFPR.

Foto: AUR

Dwayne Fagundes (@dmoney051)

Dwayne Fagundes se tornou um dos primeiros pretos a ganhar destaque significativo na cena do skate local de Porto Alegre, alcançando reconhecimento internacional e conquistando múltiplos patrocínios, evidenciando seu talento e impacto no mundo do skate. Criado em um lar onde a cultura preta era constantemente reafirmada, a herança cultural de Dwayne moldou não apenas sua identidade, mas também influenciou sua jornada no mundo do skate.

Foto: AUR

Matheus Gomes (@matheuspggomes)

Membro da Bancada Negra, em 2013, Matheus Gomes ficou publicamente conhecido na cidade de Porto Alegre como "guri dos protestos", por conta de sua atuação destacada nas mobilizações de rua, junto ao Bloco de Lutas, contra o aumento das tarifas. Em 2020 foi eleito o vereador mais jovem da cidade e, em 2022, o deputado mais votado em Porto Alegre e o quinto mais votado no RS. Matheus Gomes atua desde os 17 anos no movimento negro, estudantil e periférico, é atualmente afiliado ao PSOL e é licenciado e mestre em História pela UFRGS.

Foto: AUR

Cristal (@cristal)

Nascida na Zona Sul de POA, Cristal, rapper que explora diferentes musicalidades, começou sua trajetória artística no slam, competição de poesia falada. Seu primeiro lançamento como rapper foi a faixa "Rude Girls", que aborda o racismo no Sul do Brasil. Do primeiro single para cá, Cristal vem se destacando e ganhando novos espaços. Seu disco de estreia, "Quartzo", veio em 2021, a artista fez parte da turnê Amarelo do Emicida, e foi convidada por Djonga para fazer parte da música "Deus Dará". E tudo isso é só o começo.

Foto: AUR

João Lucas Xuxu (@joao7lucas)

De Cachoeirinha, uma das menores cidades da Região Metropolitana de Porto Alegre, João Lucas Alves, também conhecido com "Xuxu", é um dos grandes nomes dessa geração do skate brasileiro. Xuxu coleciona títulos, faz parte da Seleção Brasileira de Skate e representa o Brasil mundo afora. Quando ele não está no centro das atenções competitivas, ele pode ser encontrado nas ruas de todo o mundo, literalmente, destruindo os picos de skate mais difíceis e se divertindo enquanto faz isso.

Foto: AUR

Clara Soares | Cocoa Mami (@iclarasoares)

Cria da Restinga, Clara Soares, conhecida como Cocoa Mami, nasceu em uma família com dotes artísticos e a música sempre esteve ao seu redor. Como artista, esse ano, Cocoa Mami lançou sua primeira mixtape, intitulada Arquétipo, em que mostra versatilidade entre ritmos e batidas; como promotora, em 2016, Cocoa Mami fundou o Coletivo Bronx com o objetivo de impulsionar artistas locais e promover a cultura negra e LGBTQIAP+, após perceber a carência de espaços dedicados à expressão e valorização da cultura preta.

Foto: AUR

Laura Sito (@laurasito)

Laura Sito, deputada estadual mais jovem e a primeira mulher negra deputada da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, é filiada ao PT e formada em Jornalismo pela UFRGS. Laura iniciou sua militância politica com 13 anos no Movimento Negro pela implementação de cotas na UFRGS. Durante os anos que esteve como vereadora de oposição, conseguiu aprovar e sancionar propostas legislativas como, o Plano de Aquisição de Alimentos, e a lei que institui, nas escolas municipais, o programa municipal de Enfrentamento e Prevenção a Violência Doméstica e Familiar e de Gênero contra a mulher.

Foto: AUR

Kauã Mello (@neegokau)

Jovem humorista do Bairro Bom Jesus, Kauã Mello, conhecido como "Nego Kau", coleciona impressionantes números nas redes sociais. O comediante encontra sua principal fonte de inspiração no cotidiano comum da comunidade. Sua habilidade em encontrar humor na muitas vezes desafiadora realidade da periferia foi o trampolim, que o permitiu abandonar seu emprego de vendedor e os bicos como auxiliar de pedreiro para hoje viver somente do trabalho com a internet. 

Foto: AUR

Zudizilla (zudizilla)

Zudizilla é muito mais do que rapper. De Pelotas, Zudizilla é também designer, artista plástico, grafiteiro e produtor. Considerado o principal nome sulista da cena do rap nacional, Júlio Cesar Correa Farias, cujo nome artístico alude a Godzilla, o monstro do cinema e dos quadrinhos que se tornou herói na luta do bem contra o mal, a cada projeto conquista mais ouvintes e fãs que se identificam com suas letras reflexivas, musicalidade única e criatividade que se estende ao audiovisual.

Foto: AUR
AUR
Compartilhar
Publicidade
Publicidade